Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Atlético-ES empata e pega Paysandu na final da Copa Verde

Time capixaba ficou no 1 a 1 com Luverdense na noite desta quinta-feira no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica

Futebol|Do R7

Atlético do Espírito Santos faz estreia na Copa Verde
Atlético do Espírito Santos faz estreia na Copa Verde Atlético do Espírito Santos faz estreia na Copa Verde

Em sua primeira participação na Copa Verde, o Atlético-ES já fez história e garantiu classificação para a final. Nesta quinta-feira (12), a equipe capixaba empatou com o Luverdense por 1 a 1, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), e passou por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, em Lucas do Rio Verde (MT).

Na decisão, o Atlético-ES enfrenta o Paysandu, bem mais acostumado a vitórias na Copa Verde. Das cinco edições disputadas até hoje, a equipe paraense chegou em quatro finais, ficando de fora apenas em 2015, quando o Cuiabá foi campeão em cima do Remo, e conquistando o título de 2016, sobre o Gama. Em 2014 e 2017, ficou com o vice-campeonato, perdendo para Brasília e o próprio Luverdense, atual campeão.

Mesmo jogando pelo empate, foi o Atlético-ES que levou mais perigo ao gol adversário no início do jogo e, de tanto insistir, abriu o placar aos 29 minutos. Uálisson Pikachu levantou a bola para a área em cobrança de falta e o zagueiro Kleber Viana cabeceou para as redes.

O Luverdense tentava responder, principalmente com escapadas em velocidade de Pimentinha, o jogador mais perigoso do time visitante. Nas poucas vezes em que chegou com perigo à meta adversária, o goleiro Bambu mostrou segurança e manteve o placar inalterado até o intervalo.

Publicidade

Na segunda etapa, o Luverdense não tinha outra opção a não ser se lançar ao ataque, já que precisava da virada para se classificar. Mesmo assim, o Atlético-ES se manteve bem postado e conteve o ímpeto adversário.

Na jogada mais perigosas da equipe visitante, Rafael Silva invadiu a área e caiu após contato com um defensor adversário, mas o árbitro mandou o jogo seguir, ignorando os pedidos de pênalti.

Publicidade

Nos minutos finais, o Atlético-ES se fechou ainda mais e foi pressionado pelo Luverdense, com muitas bolas levantadas para a área, mas pouca objetividade na criação. O time do Mato Grosso conseguiu empatar aos 42 com Eduardo, mas não teve forças para obtrer a virada e a classificação.

EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.