Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Athletico Paranaense vence o Cuiabá no fechamento do 1º turno do Brasileirão

Com gols de Canobbio e Zapelli, furacão entrou no G6 do campeonato; dourado segue dentro do top 10, apesar do revés

Futebol|Do R7

Zapelli, camisa 10 do Furacão, marcou um dos gols da vitória
Zapelli, camisa 10 do Furacão, marcou um dos gols da vitória Zapelli, camisa 10 do Furacão, marcou um dos gols da vitória

Fechando a 19ª e última rodada do primeiro turno no Campeonato Brasileiro, o Athletico Paranaense recebeu o Cuiabá, nesta terça-feira (15), na Ligga Arena, e venceu por 2 a 0.

Com o resultado, a equipe da Baixada assumiu a sexta posição, com 31 pontos (ultrapassando o Fluminense no critério de gols marcados), enquanto o Cuiabá fica na oitava colocação, com 28 pontos.

Os dois sistemas ofensivos, independente da estratégia em ter mais a posse de bola ou optar pelos contra-ataques em velocidade, tinham grande dificuldade em desmantelar a organização de seu oponente.

Enquanto o Furacão não conseguia transformar seu maior tempo com a pelota nos pés em uma pressão com várias oportunidades para fazer o goleiro Walter trabalhar, o Dourado, no pouco tempo que tinha para elaborar suas escapadas, errava muitos passes e fazia com que o Athletico rapidamente conseguisse a retomada da posse.

Publicidade

Se não dava pelo chão....

Dentro dessa realidade, em que os espaços eram mais escassos para adentrar a grande área dos dois lados, o momento mais agudo, na etapa inicial, acabou sendo uma batida de longa distância.

Vitor Bueno dominou ainda na intermediária e teve espaço para arriscar de perna esquerda, de onde o arqueiro cuiabano espalmou para escanteio.

Publicidade

Quando a etapa inicial parecia caminhar rumo ao encerramento sem que o placar fosse movimentado na Ligga Arena (com direito, inclusive, a algumas manifestações contrariadas do torcedor local), um cruzamento vindo da direita e muito bem executado por Khellven foi em cheio na direção de Canobbio.

Canobbio (à dir.) comemora gol marcado
Canobbio (à dir.) comemora gol marcado Canobbio (à dir.) comemora gol marcado

O atacante uruguaio teve relativa liberdade para testar rasteiro, no extremo canto esquerdo de Walter, que não conseguiu chegar.

Publicidade

Por conta do período ainda precoce da etapa complementar, os dois times ainda estavam em condições de subir suas linhas de marcação e atrapalhar a saída de bola desde o início da criação.

Do lado do Furacão, essa atitude se mostrou altamente eficiente quando Arturo Vidal roubou a bola ainda na meia-lua, ajeitou-a e acertou um petardo no ângulo esquerdo do goleiro Walter, que nem sequer esboçou reação.

Porém, a arbitragem de Arthur Gomes Rabelo foi acionada pela cabine do Árbitro de Vídeo, e, após revisão, enxergou um toque de mão do chileno e anulou o tento.

Mais um gol de gringo!

Tanto pela discordância que perdurava desde o gol anulado como também por seguidas marcações que foram irritando as duas equipes (porém, em intensidade maior o Athletico-PR) e o placar de vantagem mínima, a partida na capital paranaense foi ficando marcada por divididas cada vez mais ríspidas e deixando o confronto um tanto quanto "em aberto".

Todavia, o trabalho ofensivo bem entrosado de três "gringos" do Furacão construiu a jogada para o tento que decretou a vitória na Ligga Arena.

Após Canobbio carregar na intermediária e acionar Cuello, no lado esquerdo, o ponta enxergou Bruno Zapelli na grande área, que recebeu e, rapidamente, bateu no extremo canto direito de Walter.

Ficha técnica

ATHLETICO-PR 2 x 0 CUIABÁ - Campeonato Brasileiro - 19ª rodada

Local: Ligga Arena, em Curitiba (PR)

Data e horário: 15 de agosto de 2023, às 20h (de Brasília)

Árbitro: Arthur Gomes Rabelo (ES)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa-SP)

Cartões amarelos: Alan Empereur, Cacá, Canobbio, Erick, Fernandinho, Thiago Heleno e Wesley Carvalho (CAP); Deyverson e Rikelme (CUI)

Cartões vermelhos: /

Gols: Canobbio (44'/1°T) (1-0) e Bruno Zapelli (36'/2°T) (2-0)

Athletico Paranaense: Bento; Khellven (Madson, aos 31'/2°T), Cacá, Thiago Heleno e Esquivel; Erick (Hugo Moura, aos 39'/2°T), Fernandinho e Vidal (Bruno Zapelli, aos 21'/2°T); Vitor Bueno (Cuello, no intervalo), Vitor Roque (Pablo, aos 39'/2°T) e Canobbio

Técnico: Wesley Carvalho

Cuiabá: Walter; Allyson (Felipe Augusto, aos 13'/2°T), Marllon, Alan Empereur e Rikelme (Uendel, aos 19'/2°T); Raniele, Fernando Sobral (Lucas Mineiro, aos 13'/2°T) e Ceppelini (Denilson, aos 13'/2°T); Jonathan Cafú (Derik Lacerda, aos 27'/2°T), Deyverson e Clayson

Técnico: António Oliveira

Fãs fazem fila em loja do Al-Hilal para comprar camisa de Neymar

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.