Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Após saída de Pezzolano, Cruzeiro anuncia português Pepa como novo treinador

A Raposa acertou com Pedro Miguel, de 42 anos, até o fim do ano. O técnico deve chegar a Minas Gerais na quinta-feira (23)

Futebol|Do R7

Pepa, novo treinador português do Cruzeiro, tem contrato até o fim do ano com a Raposa
Pepa, novo treinador português do Cruzeiro, tem contrato até o fim do ano com a Raposa Pepa, novo treinador português do Cruzeiro, tem contrato até o fim do ano com a Raposa

O Cruzeiro anunciou, nesta segunda-feira (20), a contratação do português Pepa para assumir o cargo de novo treinador do clube. Após a saída de Pezzolano — que anunciou sua saída na entrevista coletiva após a eliminação do clube no Campeonato Mineiro —, a Raposa fechou com o técnico até o fim deste ano. 

Pedro Miguel Marques da Costa Filipe, de 42 anos, nasceu na cidade de Torres Novas, na região central de Portugal. Revelado pelo Benfica no fim da década de 90, Pepa teve lesões no joelho e encerrou a carreira como jogador, aos 26 anos, e então iniciou a transição para o cargo técnico.

O português deve chegar à Toca da Raposa na quinta-feira (23). De acordo com o clube, o treinador vai conhecer as instalações do Cruzeiro e ter o primeiro contato com os jogadores do elenco celeste. O objetivo é a reapresentação para o início da preparação que visa à Copa do Brasil e ao Campeonato Brasileiro.

Junto do treinador, chegam também ao Cruzeiro: Samuel Correia (auxiliar técnico); Hugo Silva (auxiliar técnico); Pedro Oliveira (preparador físico); e Pedro Azevedo (analista de desempenho).

Publicidade

Com passagens pelo próprio Benfica, Pepa já esteve à frente do Sanjoanense, do Moreirense, do Feirense, do Tondela, do Paços Ferreira e do Vitória de Guimarães. Todos em Portugal. Em julho do ano passado, o treinador teve a primeira atuação no futebol internacional, quando se transferiu para o Al-Tai, da Arábia Saudita, no qual ficou até janeiro deste ano.

Salário de Daniel Alves poderia resolver um problema que dura oito anos no São Paulo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.