Futebol Após saída de Cuca, Santos anuncia Ariel Holan como novo técnico

Após saída de Cuca, Santos anuncia Ariel Holan como novo técnico

Treinador argentino assume maior desafio da carreira e assinou contrato com o alvinegro praiano até 2023 

  • Futebol | Do R7

Ariel Holan é o novo técnico do Santos. Argentino assinou contrato até 2023

Ariel Holan é o novo técnico do Santos. Argentino assinou contrato até 2023

Buda Mendes/EFE - 29.9.2020

O Santos tem um novo treinador. Nesta segunda-feira (22), o alvinegro praiano anunciou o argentino Ariel Holan como o escolhido para comandar a equipe na próxima temporada, após a saída de Cuca, oficializada ontem, no domingo (21), depois do empate em 1 a 1 contra o Fluminense.

O técnico argentino assinou contrato até 2023 e assume a equipe no início do campeonato Paulista, no próximo domingo (28), contra o Santo André, fora de casa. Além do tempo curto para preparar a equipe, Holan terá o desafio de enfrentar os problemas internos do Peixe: salários atrasados, bloqueio de contratações e poucos recursos para investimentos.

Na última temporada, Holan levou o Universidad Católica, do Chile, ao título nacional. A campanha vitoriosa contou com 23 vitórias, 13 empates e 10 derrotas em 46 jogos disputados, com 78 gols marcados e 51 sofridos. Na Libertadores, o time acabou caindo na fase de grupos, atrás de Internacional e Grêmio.

Antes disso, o técnico treinou Defensa y Justiça e Independiente. Além do campeonato chileno, o treinador argentino também tem uma Copa Sul-Americana no currículo, conquistada com o Independiente, contra o Flamengo, em 2017.

A expectativa é que o técnico chegue ao Brasil nessa semana para já iniciar o planejamento para a próxima temporada. O curto tempo é um problema, visto que Holan ainda não tem uma comissão técnica definida. 

Depois do Paulista, o Santos terá nove dias para trabalhar antes da estreia na Copa Libertadores, contra o Deportivo Lara, da Venezuela.

Procura por treinadores

Com a iminente saída de Cuca após a derrota na final da Libertadores, a diretoria alvinegra saiu em busca de nomes para substituir o treinador, mas a procura não foi fácil. O Santos entrou em contato também com Hernán Crespo, Tiago Nunes e Beccacece. 

Crespo, por conta do alto salário, cerca de R$ 1 milhão, foi descartado como opção e acabou assinando com o São Paulo. Com Nunes e Beccacece, o Santos esbarrou em possíveis problemas de relacionamento com o elenco. 

Na última rodada do Brasileirão, no entanto, quem comanda o Peixe contra o Bahia, na quinta-feira (25), às 21h30, é o auxiliar Marcelo Fernandes.

Últimas