Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após proposta da Fifa, principal estádio de Cabo Verde terá o nome do Rei Pelé

Presidente da federação, Infantino disse durante o velório do ídolo que países deveriam nomear arenas em homenagem ao Rei

Futebol|

Presidente da Fifa esteve no velório de Pelé e comentou homenagens ao redor do mundo
Presidente da Fifa esteve no velório de Pelé e comentou homenagens ao redor do mundo Presidente da Fifa esteve no velório de Pelé e comentou homenagens ao redor do mundo

Depois da proposta do presidente da Fifa, Gianni Infantino, Cabo Verde será o primeiro país a pôr o nome de Pelé em um estádio após a sua morte. Nesta quarta-feira (4), o primeiro-ministro de Cabo Verde, José Ulisses Correia e Silva, anunciou que o estádio nacional do país africano passará a ser chamado de Estádio Pelé.

A decisão foi tomada após o mandatário da Fifa ter ressaltado que queria ver homenagens ao Rei com o seu nome em pelo menos uma arena em cada país. A declaração foi dada durante o velório de Pelé, realizado na Vila Belmiro, estádio do Santos.

Edson Arantes do Nascimento morreu na última quinta-feira (29), aos 82 anos. Ele estava lutando contra um câncer no cólon e estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Para o primeiro-ministro, o único jogador tricampeão da Copa do Mundo na história merece grandes homenagens.

"Pelé foi e sempre será uma referência no Brasil, na nossa lusofonia e em todo o resto do mundo, um ídolo que liga várias gerações. Como homenagem e reconhecimento a essa figura que nos engrandece a todos, manifesto a intenção de nomear nosso estádio nacional como Estádio Pelé", disse o primeiro-ministro, em comunicado oficial.

Publicidade

José Ulisses Correia e Silva também declarou que espera ver outros países seguirem o exemplo. De acordo com ele, Pelé "se transformou numa figura planetária, ícone de massas, e demonstrou que o esporte tem o poder de unir o mundo".

Confira o comunicado do primeiro-ministro de Cabo Verde:

"Cabo Verde e Brasil têm uma história e cultura que andam de mãos dadas, considerando que são dois países irmãos, ligados pela língua e por identidades muito similares.

Publicidade

E com o desaparecimento físico de Edson Arantes de Nascimento, o Rei Pelé, nascido cidadão brasileiro, ele que cedo se transformou numa figura planetária, ícone de massas, demonstrando que o desporto tem o poder de unir o mundo, agora é nosso desejo homenagear-lhe.

Pelé foi e será sempre uma referência no Brasil, na nossa lusofonia e em todo resto do mundo, sendo um ídolo que liga várias gerações.

Publicidade

Como homenagem e reconhecimento a esta figura que nos engrandece a todos, manifesto a intenção de nomear o nosso estádio nacional como Estádio Pelé, numa iniciativa ao qual, acredito, vários países pelo mundo nos acompanharão.

Já comunicamos à Fifa a nossa intenção, por ter sido essa instituição a lançar o repto, e almejamos poder concretizar brevemente este ato simbólico.

Publicidade

Gostaríamos de ouvir a sua opinião."

No adeus a Pelé, veja as imagens mais marcantes dos fãs no cortejo do Rei

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.