Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Após pedir demissão do Cruzeiro, Pezzolano acerta com outro clube de Ronaldo

Treinador uruguaio será o comandante do Valladolid, da Espanha; Time foi comprado pelo Fenômeno em 2018 por 30 milhões de euros

Futebol|Do R7, com informações da Agência Estado

Paulo Pezzolano durante jogo do Cruzeiro, em 2022
Paulo Pezzolano durante jogo do Cruzeiro, em 2022 Paulo Pezzolano durante jogo do Cruzeiro, em 2022

Menos de um mês após pedir demissão do Cruzeiro, o treinador uruguaio Paulo Pezzolano foi anunciado nesta terça-feira (4) pelo Real Valladolid, a "filial" de Ronaldo Fenômeno na Espanha.

Após a goleada de 6 a 0 sofrida para o Real Madrid no Campeonato Espanhol, que culminou com a saída do técnico José Rojo ‘Pacheta’, o Valladolid agiu rápido e anunciou a chegada do treinador uruguaio, com contrato válido até junho de 2024

A ideia é que Pezzolano já comande a equipe diante do Mallorca no próximo domingo (9), em partida válida pelo Campeonato Espanhol.

Será a primeira experiência do técnico de 39 anos no futebol europeu, em um Valladolid que ocupa a 16ª posição no Espanhol, a apenas um ponto da zona de rebaixamento.

Publicidade
Anúncio feito pelo clube espanhol para a chegada de Pezzolano, ex-Cruzeiro
Anúncio feito pelo clube espanhol para a chegada de Pezzolano, ex-Cruzeiro Anúncio feito pelo clube espanhol para a chegada de Pezzolano, ex-Cruzeiro

O uruguaio foi o primeiro técnico contratado por Ronaldo, desde que o ex-jogador se tornou acionista majoritário da SAF do Cruzeiro. Entre 2022 e 2023, comandou o clube para conquistar o acesso à primeira divisão, mas foi demitido após tropeço nas semifinais do Campeonato Mineiro, diante do América-MG.

A escolha do Valladolid, segundo Sánchez, não teve ingerência de Ronaldo, mas o diretor admitiu que o trabalho de Pezzolano no Cruzeiro foi fundamental para que seu nome fosse definido como substituto ideal. Assim que o clube espanhol demitiu José Rojo "Pacheta", o uruguaio foi o primeiro a receber o telefonema do Valladolid.

Publicidade

"Estou seguro de suas habilidades, porque o vi trabalhar pessoalmente", disse Sánchez, que esteve no Brasil no último ano e acompanhou sessões de treinamento do Cruzeiro, na prática.

"Ele é corajoso, metódico, gosta de lidar com a bola e administrar o ataque posicional", contou o diretor do Valladolid, durante entrevista coletiva que anunciou a demissão de Pacheta.

Publicidade

O clube espanhol foi "comprado" por Ronaldo em 2018, quando o ex-jogador adquiriu mais da metade das ações do clube por 30 milhões de euros (cerca de R$ 130 milhões à época). Desde então, a equipe ainda busca se manter na elite da Espanha e é uma das recém-promovidas nesta temporada, embora já lute contra o rebaixamento.

O treinador, campeão da Série B do Campeonato Brasileiro com o Cruzeiro, já está na Espanha para acertar os últimos detalhes contratuais. Antes mesmo de deixar Minas Gerais, ele já tinha conhecimento que seu nome estava sendo ventilado para comandar equipes fora do País.

"Me ligam equipes brasileiras, italianas, mexicanas, do Oriente Médio, mas eu e minha família vamos continuar morando aqui em Belo Horizonte, descansando a cabeça. A partir de julho, ir para algum lugar, mas se chegar algo antes pode acontecer", disse, em sua última coletiva como treinador do Cruzeiro.

Cruzeiro ainda deve valor da SAF e mais R$ 100 milhões; veja quem ainda precisa receber

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.