Após 7.ª derrota no returno, Gatito exige Botafogo 'regular' contra o Cruzeiro

O Botafogo desembarcou no Rio, nesta segunda-feira à tarde, trazendo na bagagem a sétima derrota em nove jogos disputados no returno do Campeonato Brasileiro. Após os 3 a 0 sofridos em Porto Alegre, diante do Grêmio, o goleiro Gatito Fernández, único jogador a falar com a imprensa no aeroporto, cobrou regularidade da equipe nos últimos dez confrontos que a equipe alvinegra fará na competição nacional.

"A gente não conseguiu engrenar como no primeiro turno. Temos que buscar essa regularidade até o final do campeonato para ter uma tranquilidade nessas últimas rodadas, se afastar da zona de baixo e pensar um pouquinho lá em cima. Acredito que a gente tenha que engrenar o quanto antes possível e tomara que seja na quinta, contra o Cruzeiro", disse o paraguaio, referindo-se ao duelo que vai acontecer às 21h30, no Engenhão, pela 29.ª rodada do Brasileirão.

Em 13.º lugar no Brasileiro, com 33 pontos, o Botafogo está apenas quatro à frente do Cruzeiro, primeiro time na zona de rebaixamento. "Agora é 'virar a chave' depois do último jogo, já pensar no Cruzeiro. Acho que podemos fazer um jogo forte, assim como foi contra o CSA (vitória por 2 a 1), ainda mais com o apoio da nossa torcida, que foi fundamental para a vitória. Que comece como arrancada no campeonato", projetou Gatito.

Antes de embarcar para o Rio, o time do Botafogo treinou em Porto Alegre, onde os reservas da equipe realizaram um uma atividade no CT do Grêmio. Enquanto isso, os titulares que enfrentaram os gremistas fizeram um trabalho regenerativo no hotel onde a equipe ficou hospedada na capital gaúcha.

O elenco botafoguense volta às atividades nesta terça-feira, quando o técnico Alberto Valentim vai iniciar com todo o elenco no gramado a preparação para o jogo com o Cruzeiro. Após a partida contra a equipe mineira, o time dirigido por Valentim vai encarar o Santos no próximo domingo, na Vila Belmiro, pela 30ª rodada do Brasileirão.