Futebol Aos 38 anos, zagueiro Miranda anuncia aposentadoria do futebol

Aos 38 anos, zagueiro Miranda anuncia aposentadoria do futebol

Ex-São Paulo e seleção brasileira, o jogador encerra a carreira nos gramados com uma trajetória vitoriosa

  • Futebol | Do R7

Antes de anunciar aposentadoria, Miranda divulgou saída do São Paulo em novembro

Antes de anunciar aposentadoria, Miranda divulgou saída do São Paulo em novembro

Divulgação / Liga Agência

Nesta quarta-feira (11), o zagueiro Miranda anunciou a aposentadoria do futebol. Aos 38 anos, o jogador colecionou passagens por Coritiba, Sochaux, Inter de Milão e Jiangsu Suning. Porém, foi no São Paulo e no Atlético de Madrid que Miranda se tornou ídolo de verdade. O comunicado foi feito pela assessoria de imprensa do zagueiro, que também usou as redes sociais para fazer o anúncio aos fãs e torcedores.

"O momento chegou. A todos que torceram por mim, meu agradecimento mais especial. Muito obrigado, futebol! Fica a história", escreveu Miranda em seu perfil.

No vídeo de anúncio, o jogador posa com a camisa de todos os times pelos quais já passou e conta sobre a relação que construiu com o esporte. 

"Estou aqui para contar para vocês que chegou o momento de dizer adeus. Se o futebol fosse uma pessoa, depois de tudo que vivi, diria que foi emocionante, que vivemos uma coisa inexplicável, mas chegou o momento de ser o João Miranda", disse o agora ex-jogador, em suas redes sociais. "Eu, como seguidor do futebol, vou continuar apaixonado, mas de uma forma diferente, como torcedor."

Capitão da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2018, Miranda terminou a carreira sem estar, oficialmente, em nenhum clube. A última passagem foi pelo São Paulo. No total, o jogador tem 15 títulos por equipes e 16 prêmios individuais.

Miranda estreou no futebol profissional em 2004, aos 20 anos, pelo Coritiba. No último retorno ao clube da capital paulista, em 2021, ele jogou 82 partidas, sendo 36 vitórias, 27 empates e 19 derrotas. A passagem também rendeu um título do Campeonato Paulista. 

Rogério Ceni já trabalhou com nove goleiros diferentes no São Paulo

Últimas