Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Aos 22 anos, Pelé somava mais gols que Messi, CR7 e Mbappé juntos

Números comparam o Rei do Futebol aos grandes craques da atualidade e confirmam genialidade do ídolo brasileiro

Futebol|Do R7

Pelé, quando tinha 22 anos, somava mais gols que maiores craques da atualidade juntos
Pelé, quando tinha 22 anos, somava mais gols que maiores craques da atualidade juntos Pelé, quando tinha 22 anos, somava mais gols que maiores craques da atualidade juntos

Rei é Rei! Uma comparação simples revela que Pelé, aos 22 anos, somava mais gols do que Lionel Messi, Mbappé e Cristiano Ronaldo juntos. Apesar dos quatro jogadores ainda estarem em atividade, todos já passaram dos 22 anos. O Rei do Futebol, com essa idade, tinha 337 gols. Somados, os outros citados, juntos, tinham 269. A contagem foi baseada em partidas oficiais.

Os números do ídolo do futebol são impressionantes, e mesmo após 60 anos ainda não surgiu nenhum outro jogador que tenha alcançado as estatísticas de Pelé. Quem chegou mais perto foi Ferenc Puskas, com 227 gols. 

Atualmente, os dois fenômenos que surgiram no futebol e que mais se aproximaram do Rei foram o francês Mbappé (106) e o norueguês Haaland (196). No entanto, os dois já têm mais de 22 anos e não podem bater a marca de Pelé.

Confira a lista completa dos maiores artilheiros aos 22 anos:

Publicidade

21) Cristiano Ronaldo - 66 gols

20) Piola - 74 gols

Publicidade

19) Luis Suarez - 81 gols

18) Zico - 82 gols

Publicidade

17) Romario - 86 gols

16) Lewandowski - 87 gols

15) Rooney - 89 gols

14) Messi - 97 gols

13) Mbappé - 106 gols

12) Van Basten - 114 gols

11) Nordahl - 119 gols

10) Cruijff - 139 gols

9) Mueller - 147 gols

8) Meazza - 151 gols

7) Maradona - 157 gols

6) Greaves - 193 gols

5) Haaland - 196 gols

4) Eusebio - 199 gols

3) Ronaldo - 208 gols 

2) Puskas - 227 gols

1) Pelé - 337 gols

Em comparação aos outros grandes craques, da atualidade ou não, os números de Pelé continuam históricos, e ainda não surgiu ninguém que chegasse perto do Rei. Mesmo os maiores jogadores da nova geração, como Lionel Messi e Mbappé, não estão no mesmo nível.

Pelé faleceu nesta quinta-feira (29), após 30 dias de internação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A causa da morte foi falência múltipla de órgãos devido a um câncer no cólon, descoberto em 2019. 

Lista que elegeu Messi melhor que Pelé tem várias outras bizarrices

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.