Andrés minimiza polêmicas e cutuca o São Paulo: 'Sempre reclamam'

Presidente do Corinthians cobrou a não expulsão de Vitor Bueno no segundo tempo e aproveitou a oportunidade para cutucar o rival 

Presidente do Corinthians não quis se aprofundar com as críticas de arbitragem

Presidente do Corinthians não quis se aprofundar com as críticas de arbitragem

Lance

O Presidente do Corinthians, Andrés Sanchez minimizou as polêmicas de arbitragem no clássico deste sábado, no Morumbi. O cartola se esquivou ao ser questionado sobre o lance que poderia ter gerado em um pênalti ao São Paulo, nos acréscimos do segundo tempo, mas foi firme ao dizer que o árbitro Douglas Marques das Flores errou ao não expulsar Vitor Bueno também na etapa final do clássico.

— Se ele dá foi, se ele não dá também não foi. Se ele tivesse dado, talvez estaríamos reclamando. Mas ele tinha que ter expulsado o jogador antes na falta em cima do Luan (na verdade, a falta aconteceu em cima do meia-atacante Pedrinho, não em Luan) — afirmou o presidente corintiano referindo-se a um lance que ocorreu também no fim do segundo tempo.

Ao fim da partida, jogadores e dirigentes do São Paulo reclamaram muito do desempenho da arbitragem no primeiro Majestoso desta temporada. Na visão dos tricolores, a equipe mandante foi prejudicada em vários momentos. Já para o cartola do Timão, os erros acontecem. Andrés ainda aproveitou a situação para cutucar o rival corintiano.

— O jogo é assim. O juiz vai errar e vai acertar. O São Paulo sempre reclama, quando não ganha sempre reclama - encerrou o cartola alvinegro.

Cariocas dominam trocas de técnico entre grandes no século! Relembre: