Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Alexandre Gallo dispara após rebaixamento do Santos: 'Descobri muita coisa errada'

Coordenador de futebol chegou em agosto para substituir Paulo Roberto Falcão e criticou a montagem do elenco

Futebol|Do Live Futebol BR

Alexandre Gallo desabafou após o rebaixamento do Santos
Alexandre Gallo desabafou após o rebaixamento do Santos Alexandre Gallo desabafou após o rebaixamento do Santos

Abatido com o rebaixamento do Santos para a Série B do Brasileiro, o coordenador de futebol Alexandre Gallo desabafou depois da derrota para o Fortaleza, por 2 a 1, em plena Vila Belmiro.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Assine a newsletter R7 em Ponto

Escolhido para substituir Paulo Roberto Falcão, Alexandre Gallo chegou em agosto com o Peixe em situação bastante delicada no Brasileirão. Resultado de problemas fora das quatro linhas, que foram encontrados pelo dirigente.

Publicidade

Leia também

"Eu fiquei muito puto com o que aconteceu. Muito puto! Porque a responsabilidade é de todos. O Santos não pode ter um Santos dentro do Santos. Muita coisa errada estava acontecendo. Eu descobri muita coisa errada no Santos, em todos os segmentos. Estou preparado para isso, para defender o Santos sempre. Sacanear o Santos? Ninguém", disparou Gallo, que não entrou em detalhes sobre os problemas encontrados:

"É uma coisa que não devo externar, é uma coisa interna, têm que existir correções importantes, mudanças importantes".

Publicidade

Mais críticas

Sem "papas na língua", Alexandre Gallo também criticou a montagem do elenco santista no início da temporada. Quando chegou ao clube, em agosto, apenas jogadores disponíveis no mercado puderam ser contratados.

"Eu acho que o Santos sempre seria atrativo para qualquer atleta, voltando da Europa, pagando salários em dia. Isso eu não entendi muito. Eu acho que é possível ter uma equipe melhor que tínhamos nesse momento vivendo essa realidade que vivemos. Infelizmente essa falta de qualidade nos trouxe a essa situação agora", lamentou o dirigente.

Agora, o Santos tem outra decisão no sábado (9), quando acontece a eleição presidencial para o próximo triênio. São cinco candidatos e 16 mil sócios aptos a votar.

Após rebaixamento do Santos, Vila Belmiro amanhece com ônibus e carros destruídos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.