Futebol Adeus a Maradona: polícia usa gás de pimenta e bombas na fila

Adeus a Maradona: polícia usa gás de pimenta e bombas na fila

Explosão de artefato ocorreu ao lado da equipe da Record TV, que está em Buenos Aires. Repórter relata os efeitos do produto químico 

  • Futebol | Catarina Hong, da Record TV, enviada especial a Buenos Aires

Velório de Maradona teve correria de novo nesta tarde

Velório de Maradona teve correria de novo nesta tarde

Agustin Marcarian/Reuters - 25/11/2020

A polícia da Argentina utilizou spray de pimenta e bombas de efeito moral, nesta quinta-feira (26), para conter um princípio de tumulto na fila até a Casa Rosada, onde o corpo da lenda Diego Armando Maradona é velado.

A reportagem da Record TV está no local e presenciou a formação do cordão de isolamento e, em seguida, o uso do produto químico, que agride os olhos e a garganta. Também é possível ouvir as bombas ao fundo.

A jornalista Catarina Hong relatou que a polícia fechou um cruzamento importante da capital da Argentina para afastar a população, nas proximidades do Obelisco, ponto turístico da capital argentina.

O local está cheio de famílias e crianças, que aguardam o momento para dar adeus a Maradona.

Assista aos vídeos abaixo:

Repórter da Record TV mostra a raiva da população com a polícia:

Assista abaixo ao exato momento do início da confusão:

Atitude da polícia espalhou os fãs que estavam na fila do velório:

.

Últimas