Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

‘A torcida tem que saber a verdade’, afirma Charles do Bronx sobre situação do Corinthians

Lutador dos pesos-leves do UFC é torcedor e embaixador da equipe do Parque São Jorge

Futebol|João Pedro Benedetti, do R7*


Lutador de 34 anos ainda não tem próximo confronto definido Fotos: Van Campos/Agnews

O início da temporada conturbada, junto da troca da direção, preocupa os torcedores corintianos, que já amargam sete anos sem levantar títulos. Charles Oliveira, ou Charles do Bronx, como é conhecido o ex-detentor do cinturão dos pesos-leves do UFC, é torcedor declarado e embaixador do clube alvinegro.

Presente em noite de gala promovida pelo Instituto Neymar Jr., para a quarta edição de seu leilão beneficente na segunda-feira (3), em São Paulo, o lutador de jiu-jitsu e artes mistas falou com exclusividade ao R7 e opinou sobre o momento de transição em que vive o clube do Parque São Jorge, sob comando do técnico António Oliveira e administrado pelo empresário Augusto Melo.

“O clube vem enfrentando uma fase muito ruim, e nós estávamos escutando muitas mentiras. Em minha concepção, a torcida do Corinthians é a maior que tem, e devemos saber a verdade. Tem que haver transparência”, afirmou Charles.

Publicidade

“Estamos indo bem, perdemos o último jogo, porém, vínhamos de uma sequência de três vitórias. Acho que o certo estamos fazendo, com a renovação do elenco e trocas internas, mas o mais importante é que a torcida tem que saber a verdade”, completou o lutador.

Charles ainda ofertou uma experiência exclusiva no leilão, arrematada pelo empresário e influenciador russo Roman Shpigel por R$ 500 mil. O comprador terá direito a acompanhar um treino de Charles, um dia de corte de peso em sua próxima luta, participar do jantar pós-pesagem com toda a equipe do lutador e a dois ingressos para assistir ao evento do UFC.

Publicidade
Experiência exclusiva com Charles do Bronx foi arrematada por R$ 500 mil em leilão do Instituto Neymar Jr. Reprodução: Instagram @charlesdobronxs

O atleta marcial ainda não tem um próximo confronto definido. Charles perdeu sua última luta no dia 13 de abril para Arman Tsarukyan, lutador russo-armênio, que vai em busca do cinturão da categoria contra o russo Islam Makhachev — mesmo lutador que retirou e ganhou a revanche de Charles Oliveira pelo cinturão em 2023.


Publicidade

*Sob supervisão de Thaís Sant’Anna



Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.