Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Torcedores fazem mosaico em formato de emoji com raiva em protesto contra clube no Egito

Presidente do Zamalek ameaçou banir torcida organizada responsável pela criativa 'corneta' contra má fase do time 

Fora de Jogo|Do R7


Torcedores encontraram maneira curiosa de protestar contra má fase do Zamalek
Torcedores encontraram maneira curiosa de protestar contra má fase do Zamalek

Torcedores do Zamalek, do Egito, criaram uma forma inusitada para protestar contra o mau desempenho da equipe.

Vestidos de preto, cerca de 150 torcedores do Ultras White Knights, a principal torcida organizada do clube, formaram um mosaico em formato de emoji irritado nas arquibancadas do estádio.

A ação foi feita durante partida válida pela fase de grupos da Champions League Africana, contra o Al-Merrikh, do Sudão. Já eliminado, o Zamalek até venceu de virada, por 4 a 3, mas o resultado foi insuficiente para classificá-lo.

As imagens viralizaram mundialmente nas redes sociais, e a torcida foi elogiada pela criatividade. No entanto, o presidente do clube, Mortada Mansur, não gostou nada da ação dos torcedores do Ultras.

Publicidade

“O Zamalek veste branco com listras vermelhas”, afirmou o dirigente, em pronunciamento traduzido pelo site Trivela. “Quem quer que venha nos apoiar é bem-vindo, mas não [vestido] de preto. Aqueles que foram ao jogo contra o Al-Merreikh [trajando] preto não poderão comparecer ao estádio novamente.”

Em resposta, a organizada não compareceu ao estádio no último domingo (9), na vitória contra o National Bank, e, em nota, fez duras críticas ao mandatário.

Publicidade

"Zamalek e os seus fãs são maiores do que estes perdedores. [Os dirigentes] não só sabotaram e falharam em todas as equipes dentro do clube, como também lutam contra os torcedores, que vêm em todos os jogos para as arquibancadas para apoiar o Zamalek e tentar salvar o que pode ser salvo desta administração que procura destruir nosso clube."

O clube, campeão na temporada passada do campeonato egípcio, não faz grande campanha na atual edição e é apenas o quarto colocado, 11 pontos atrás do líder Al-Ahly.

Arritmia, futuro em aberto e seleção brasileira: o que disse Abel Ferreira após o título do Paulistão

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.