Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Time da Arábia Saudita se recusa a entrar em campo no Irã por conta de busto de general 

A partida entre o Al-Ittihad, de Benzema, e o Sepahan foi cancelada; o elenco saudita foi alvo de violência na saída do estádio

Fora de Jogo|Do R7


Busto de Soleimani à beira do campo
Busto de Soleimani à beira do campo

A partida entre o Al-Ittihad e o Sepahan, válida pela Liga dos Campeões da Ásia, que seria disputada nesta segunda-feira (2) foi cancelada depois que a equipe saudita se recusou a entrar em campo.

O motivo de o clube ter boicotado a partida seria por conta de bustos do major-general iraniano Qasem Soleimani, assassinado em 2020, posicionados na entrada do campo do estádio Nagsh-e Jahan, em Isfaham, no Irã.

A AFC (Confederação Asiática de Futebol) confirmou o cancelamento da partida por conta de “circunstâncias imprevistas”.

No entanto, a mídia saudita confirmou a informação de que o Al-Ittihad só disputaria a partida caso as estátuas de Soleimani fossem retiradas. A direção do clube, primeiro, pediu o adiamento da partida em uma hora, mas acabou decidindo que o time não entraria em campo.

Publicidade

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram que o elenco do clube saudita deixou o estádio às pressas, com receio de represálias, e foi alvo de violência na saída do local. O ônibus foi apedrejado, e janelas do veículo ficaram estilhaçadas.

O time de Benzema, Romarinho e companhia já está em direção ao aeroporto, para retornar para a Arábia Saudita.

Publicidade

Quem era Qasem Soleimani

Funeral do militar reuniu centenas de milhares de pessoas no Irã
Funeral do militar reuniu centenas de milhares de pessoas no Irã

O general iraniano era considerado um herói nacional e comandou uma série de operações militares no Oriente Médio, inclusive no território saudita e em países aliados.

Ele foi assassinado no dia 3 de janeiro de 2020, no aeroporto de Bagdá, no Iraque, em um ataque aéreo coordenado pelos Estados Unidos. Na época do ocorrido, a monarquia saudita apoiou a ação americana.

Neymar não é o primeiro! Veja outros brasileiros que fizeram história na Arábia Saudita

" gallery_id="64e79fb419d2240847000031" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/fora-de-jogo/time-da-arabia-saudita-se-recusa-a-entrar-em-campo-no-ira-por-conta-de-busto-de-general-02102023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.