Fora de Jogo Liverpool gasta milhões em novo CT e atletas reclamam do vento

Liverpool gasta milhões em novo CT e atletas reclamam do vento

Meses depois do clube investir R$ 405 milhões em nova sede, jogadores têm sentido muitas dificuldades 

  • Fora de Jogo | Do R7

Local acolhe todas as categorias

Local acolhe todas as categorias

site Liverpool AXA

O planejamento tem sido uma das marcas da evolução do futebol europeu. Há situações, no entanto, em que os investimentos se tornam questionáveis, como no caso do Liverpool, que tem sido um dos símbolos de uma organização bem estruturada.

Veja também: Futuro de Lionel Messi

Mas, alguns meses depois de inaugurar uma nova cidade desportiva, para treinamento, recuperação e outras necessidades dos atletas de todas as categorias, os jogadores têm sentido dificuldades de realizar suas atividades em função do forte vento existente no local. As informações são do The Sun.

O problema, segundo a publicação, deveria ser levado em conta antes, em função da cidade esportiva, denominada Centro de Treinamento AXA, ter sido construída em Windy Harbour, região em que as condições atmosféricas não são propícias no inverno, por causa das ventanias.

A situação não seria tão preocupante se o clube não tivesse desembolsado 60 milhões de euros (R$ 405 milhões), para construir três campos de futebol completos, duas academias, uma piscina, salas de hidroterapia e até quadras de vôlei de praia, inaugurados em novembro último.

Até então, o centro de Melwood foi o local de treinamento da equipe principal, durante 70 anos. Pela primeira vez, o Liverpool unificou todo o clube em uma única instalação.

Quatro brasileiros aparecem em lista de melhores da Premier League

Últimas