Fora de Jogo Jornal espanhol chama atacante brasileiro de 'descendente de escravos'

Jornal espanhol chama atacante brasileiro de 'descendente de escravos'

Igor Paixão, do Feyenoord, é um dos destaques da equipe holandesa; As mudou matéria após repercussão negativa

Publicação foi excluída pelo As após repercussão negativa

Publicação foi excluída pelo As após repercussão negativa

Reprodução Twitter

O Diario As, da Espanha, foi duramente criticado nas redes sociais, ao apresentar o atacante brasileiro Igor Paixão como "descendente de escravos".

O jornal atualizou a matéria e retirou o termo do título, durante a tarde desta terça-feira (28). A publicação feita no "X", antigo Twitter, também foi excluída.

Igor Paixão, de 23 anos, nasceu em Macapá, no norte do país, e possui raízes quilombolas, sendo descendente deste grupo étnico-racial de pessoas escravizadas, que resistiram ao período escravocrata no país, vivendo nos quilombos.

A matéria do periódico espanhol apresentava o jogador do Feyenoord, da Holanda, que enfrenta o Atletico de Madrid, time da capital do país, nesta terça, pela Liga dos Campeões.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu Whatsapp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Formado nas categorias de base do Coritiba, o ponta esquerda atua no futebol holandês desde o ano passado, quando foi vendido por oito milhões de euros (cerca de 41 milhões de reais, na época), se tornando a maior venda da história do clube paranaense.

Titular da equipe, o brasileiro soma 17 partidas na temporada, com três gols e duas assistências.

Nos últimos meses, a imprensa espanhola também foi criticada pelo comportamento em relação aos seguintes casos de racismo que Vinícius Júnior, do Real Madrid, sofreu em estádios do país.

Felizes para sempre? Messi e Antonella estariam vivendo crise em relacionamento 'conto de fadas'

Últimas