Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Filha de Maradona posta carta pedindo justiça pela morte do pai: 'Essa banda de mafiosos vai cair'

Ídolo da Argentina sofreu um ataque cardíaco em 2020 e médicos que foram envolvidos no caso respondem por homicídio culposo

Fora de Jogo|Do R7

Gianinna costuma publicar fotos com o pai nas redes sociais
Gianinna costuma publicar fotos com o pai nas redes sociais Gianinna costuma publicar fotos com o pai nas redes sociais

Completaram-se mil dias da morte de Maradona. Em homenagem ao pai, a filha do eterno ídolo da Argentina Gianinna usou as redes sociais para escrever um enorme post falando sobre o jogador e no qual prometeu jamais deixar de buscar justiça. "Essa banda de mafiosos vai cair", escreveu. Os médicos envolvidos no caso estão respondendo por homicídio culposo — quando há ciência do risco de morte.

A causa da morte de Maradona foi um ataque cardíaco, sofrido em novembro de 2020, quando o craque argentino tinha 60 anos. O jogador se recuperava de uma cirurgia para a retirada de coágulo no cérebro, e a equipe médica responsável vem sendo toda investigada por causa de um tratamento "repleto de deficiências e irregularidades", de acordo com o tribunal que avalia o caso.

· Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

. Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Especialistas apontaram que Maradona teria mais chances de recuperação se tivesse recebido tratamento hospitalar adequado, e é com esta tese que a família busca justiça contra o médico pessoal do jogador, Leopoldo Duque, e mais sete profissionais.

"O tempo não cura m... nenhuma, o tempo acomoda alguns sentimentos, mas a dor é intransferível. Vocês se movem como podem, lutando com mil frentes abertas e com um pedido constante de justiça", afirmou a filha do meio do astro, atualmente com 34 anos.

Publicidade

"Dalma (a irmã mais velha) e eu não vamos parar. Eles não vão nos quebrar. Cada dia que passa é um dia a menos para nos reencontrarmos, onde quer que você esteja, espero que você esteja tranquilo, com seu lindo sorriso desenhado e que não tenha TV. Você não pode reconstruir o que nunca existiu", continuou, em texto bastante emotivo.

"Mil dias sem poder te abraçar, mas ainda levo você comigo. Você está nas risadas dos seus netos, nos abraços da minha irmã, nos carinhos da mamãe e em cada lembrança da linda família de fãs que você nos deixou. Te amamos, Babu", afirmou. "Juro que essa banda de mafiosos vai cair e quando eles caírem poderemos viver em paz. Até nos encontrarmos novamente, continuarei escrevendo para você daqui."

Publicidade

Ela finalizou o texto com um pedido a Maradona: "Continue me enviando aqueles sinais que abraçam minha alma, me fazem sentir você e me incentivam a continuar. Obrigado por ser meu pai, sinto sua falta um pouco mais a cada dia!".

Camisa usada por Maradona no gol 'la mano de Dios', na Copa de 1986, é leiloada por R$ 44,5 milhões

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.