Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Ex-mulher de Daniel Alves diz que não tem notícias do jogador: 'Estou preocupada'

Dinorah Santana, mãe dos dois filhos do brasileiro, afirmou que ele não liga para ela há tempos e ela não pode ligar para o presídio

Fora de Jogo|Do R7


Dinorah Santana e os filhos foram morar em Barcelona
Dinorah Santana e os filhos foram morar em Barcelona

Dinorah Santana, primeira mulher e mãe dos dois filhos de Daniel Alves, afirma que está sem receber notícias do brasileiro, preso desde o dia 20 de janeiro, na Espanha, sob acusação de estupro. Ela, que também é agente e sócia do lateral-direito nos negócios, disse que a última vez que teve notícias do ex-marido foi por meio da imprensa. Na última semana, ele concedeu entrevista ao jornal La Vanguardia e negou ter agredido sexualmente a mulher que o denuncia.

"Não sabia que havia dado uma entrevista, fiquei sabendo pela imprensa. Não falo com Dani desde que o visitei com as crianças, porque ele não me liga e não posso ligar para ele. Estou preocupada, mas, se não entra em contato comigo, tenho que respeitá-lo", disse Dinorah, em entrevista ao programa espanhol Fiesta.

Dinorah é mãe de Daniel Júnior e Vitória, de 15 e 16 anos, respectivamente. Os três estavam morando no Brasil quando o jogador foi preso. Eles se mudaram para Barcelona para tentar ajudar na defesa do atleta, negando a possibilidade de deixar a Espanha. O risco de fuga foi citado pela Justiça para prender Daniel Alves preventivamente.

De acordo com a publicação, Dinorah continua acreditando na inocência do ex-marido. "Acredito 100% na inocência dele e não tenho dúvidas", enfatizou. "Ninguém está vendo seus filhos sofrerem como eu vejo", completou.

Publicidade

Daniel Alves, que está há cinco meses atrás das grades, disse ao La Vanguardia na última semana que "não sabe por que a mulher que o acusa de estupro fez isso" e que "perdoa" a denunciante. O brasileiro disse também que só tem de pedir desculpas a Joana Sanz e que ainda tem esperança de reatar com a modelo, de quem está em processo de divórcio. Sobre esse assunto, Dinorah evitou comentar a situação do casal: "O que eles tiverem que resolver, eles resolverão. Não temos nada a ver com nada referido à Joana".

Segundo a imprensa espanhola, Daniel Alves vai ser julgado entre outubro e novembro deste ano. O brasileiro já entrou com três recursos para responder em liberdade à suspeita de estupro. A Justiça espanhola negou todas as solicitações por entender que ele poderia deixar o país e voltar ao Brasil, como aconteceu com Robinho, na Itália, pelo mesmo motivo.

Publicidade

Durante o período preso, Daniel já ofereceu diversas versões sobre o que teria acontecido naquela noite. Comentou que não conhecia a mulher, depois disse que não havia realizado ato sexual e, agora, por fim, alega que tudo foi consensual. As divergências em seu depoimento, segundo ele, foram para proteger seu casamento. Mas foram essas diferentes versões que fizeram com que sua prisão preventiva fosse efetuada.

Daniel Alves completa cinco meses na prisão por acusação de estupro; relembre tudo o que já aconteceu

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.