Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ex-Barcelona, Piqué entra na Justiça para pedir menos tempo com os filhos, diz imprensa da Espanha

Decisão do ex-jogador seria embasada na mudança de Shakira para Miami, nos Estados Unidos

Fora de Jogo|Do R7

Gerard Piqué se envolveu em mais uma polêmica durante seu midiático divórcio com a cantora Shakira.

Segundo o programa de TV Mamarazzis, o ex-jogador do Barcelona teria solicitado à Justiça que tivesse menos tempo com os filhos. O motivo seria a mudança de Shakira com Milan, de 10 anos, e Sasha, de 8, para Miami, nos Estados Unidos.

· Compartilhe esta notícia no WhatsApp

O ex-jogador, que tem direito a dez dias com os meninos, mora na Espanha, onde tem compromissos profissionais, teria alegado estar sem disponibilidade para passar todo esse tempo em outro país.

Publicidade

Com isso, Piqué teria solicitado que a visita seja reduzida para cinco ou seis dias por mês. Na última quinta-feira, o ex-Barça foi visto desembarcando em Miami para a primeira visita aos filhos desde que a ex-mulher se mudou para os Estados Unidos.

No início de abril, Shakira anunciou que estava se mudando de Barcelona, na Espanha, para Miami, nos EUA, acompanhada dos filhos. De acordo com o jornal espanhol La Vanguardia, Piqué ficou bastante irritado com a decisão da ex-esposa. Segundo o periódico, o espanhol considerou a escolha "unilateral e precipitada".

Publicidade

Os dois ficaram casados por uma década, e o relacionamento terminou mal após notícias de que o ex-jogador estaria traindo a cantora, que fez uma música sobre a situação, que viralizou no mundo todo. Em live com o streamer e jornalista Gerard Romero, o ex-zagueiro Piqué foi questionado sobre as músicas lançadas por Shakira com indiretas ao fim do relacionamento entre os dois.

O espanhol não quis comentar detalhes sobre a relação com a colombiana, mas fez um desabafo sobre os julgamentos recebidos nas redes sociais após a repercussão da separação do antigo casal.

Publicidade

"Não quero entrar (nesse assunto), porque é um tema pessoal. Mas não pensamos na consequência que as coisas podem ter em nível mental. Não pensamos na outra pessoa. O que tem que acontecer? Alguém cometer suicídio? De verdade, estou decepcionado com o que é a sociedade civil", desabafou.

PSG, de Neymar, Mbappe e Messi, é o time com folha salarial mais alta do mundo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.