Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Corpo de jogador de futebol morto em terremoto na Turquia chega à capital de Gana

Christian Atsu estava desaparecido desde 6 de fevereiro; o corpo do jogador foi recebido pelo vice-presidente do país africano

Fora de Jogo|

Christian Atsu teve passagens pelo Chelsea e pelo Newcastle
Christian Atsu teve passagens pelo Chelsea e pelo Newcastle Christian Atsu teve passagens pelo Chelsea e pelo Newcastle

O corpo de Christian Atsu, o meia-atacante ganês que morreu no terremoto que atingiu a Turquia, chegou a Accra, a capital de Gana, no domingo (19) à noite, um dia depois de ele ter sido encontrado morto sob um edifício desmoronado no sul daquele país.

Atsu estava desaparecido desde o terremoto de 6 de fevereiro, após o colapso de um prédio de apartamentos em Hatay. Ele tinha 31 anos.

O corpo de Atsu foi recebido no Aeroporto Internacional de Kotoko, na capital, pelo vice-presidente Mahamudu Bawumia e por uma grande guarda militar de honra.

"Tínhamos esperança contra o que era esperado; em todos os dias que se passavam, rezávamos e rezávamos. Mas, infelizmente, quando ele foi encontrado, ele não existia mais", disse Bawumia a uma multidão de pessoas em luto na pista do aeroporto.

Publicidade

Atsu deixaria o sul da Turquia horas antes do terremoto, mas o técnico de seu clube, o Hatayspor, disse na sexta-feira (17) que o ganês tinha optado por ficar com o clube depois de ter marcado o gol da vitória em uma partida do Campeonato Turco em 5 de fevereiro.

Ele se juntou ao Hatayspor em setembro do ano passado, após passagens pelos clubes ingleses Everton, Chelsea e Newcastle United.

Publicidade

Ele também disputou 65 partidas pela seleção de Gana, tendo ajudado-a a chegar à final da Copa Africana das Nações de 2015, na qual perderam para a Costa do Marfim, nos pênaltis. Ele foi selecionado pela última vez para jogar por Gana em 2019.

"Gostaríamos de expressar nossas mais profundas condolências à sua esposa e filhos, à família, aos entes queridos e à comunidade do futebol", disse a Associação de Futebol de Gana no sábado. "Que sua alma descanse em paz."

Daniel Alves completa um mês de prisão na Espanha; relembre o que já aconteceu com ele nesse período

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.