Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Avião de Leila Pereira para uso do Palmeiras tem chegada ao Brasil antecipada

Aeronave deixou Portugal de manhã e chega na noite desta quarta-feira, mas ainda não se sabe quando poderá ser usado

Fora de Jogo|

Leila posta imagem do avião que comprou em janeiro
Leila posta imagem do avião que comprou em janeiro Leila posta imagem do avião que comprou em janeiro

O avião comprado em janeiro deste ano por Leila Pereira para uso do Palmeiras teve a chegada antecipada em três dias. A aeronave deixou Portugal no início da manhã e chega na noite desta quarta-feira ao Brasil. Mas, como ainda é necessária a resolução de trâmites burocráticos, a data para começar a operar ainda é incerta.

Resta resolver detalhes burocráticos com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para a aeronave começar a operar no espaço aéreo brasileiro e internacional. O Palmeiras e a presidente do clube trabalham para resolver logo as pendências.

Tendo em mãos a liberação da Anac, o Palmeiras pode usar a aeronave já no dia 21 deste mês, data em que enfrenta o Bahia em Salvador, pelo Brasileirão. Depois desse duelo, o próximo compromisso fora de São Paulo é contra o Athletico, dia 2 de julho, em Curitiba.

O avião pertence a uma empresa de Leila, mas será alugado pelo time para que os jogadores tenham "muito mais conforto e agilidade" nas viagens, segundo disse a dirigente recentemente.

Continua após a publicidade

A ideia é facilitar o deslocamento dos atletas dentro do Brasil e para o exterior, evitando o desgaste dos jogadores em voos comerciais. O avião, que antes tinha a chamativa pintura de um tubarão, recebeu as cores azul e branca, por ora. O plano é alugá-lo para outros clubes também, daí o uso de cores neutras.

• Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Continua após a publicidade

• Compartilhe esta notícia pelo Telegram

A ideia de adquirir um avião partiu da própria Leila Pereira. A iniciativa visa gerar uma economia para o Palmeiras, que, segundo apurou o Estadão, gasta em torno de R$ 1,5 milhão por mês com viagens do elenco para as partidas no Brasil e fora dele.

Continua após a publicidade

Como contrapartida à economia gerada aos cofres do clube, Leila ganha publicidade e dinheiro ao alugar o avião a outros clubes e empresas interessados, quando não estiver sendo utilizado. O próprio Palmeiras tem de pagar para usar o avião da empresária.

O avião, um E-190 da Embraer avaliado em R$ 280 milhões, tem capacidade para 114 passageiros e é de propriedade de uma das empresas de Leila Pereira e de seu marido, José Roberto Lamacchia, donos da Crefisa e da FAM, que patrocinam o Palmeiras desde 2015.

O casal fundou uma companhia aérea em 5 de outubro de 2022, a Placar Linhas Aéreas S/A. O casal também tem um jato executivo próprio, um Falcon 8X, de matrícula PR-JRY. De acordo com registro na Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), a Placar opera voos não regulares, isto é, fretados, de passageiros e carga.

Leila Pereira é a quinta mulher mais rica do Brasil e ostenta a 45ª maior fortuna do país, de acordo com a revista Forbes, publicação especializada em negócios e economia. Segundo a revista, a empresária de 57 anos é dona de um patrimônio avaliado em R$ 7,2 bilhões.

Conheça o avião de R$ 280 milhões que Leila Pereira comprou para o Palmeiras

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.