Esportes FIA confirma revisão da regra de pontos na Fórmula 1

FIA confirma revisão da regra de pontos na Fórmula 1

F1-PONTOS-MUDANCAS:FIA confirma revisão da regra de pontos na Fórmula 1

Reuters - Esportes

(Reuters) - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta terça-feira uma revisão de como os pontos são atribuídos na Fórmula 1 após o polêmico Grande Prêmio da Bélgica de domingo, em que os pilotos receberam metade dos pontos por completarem duas voltas atrás do safety car.

A corrida em Spa-Francorchamps, atingida por uma chuva forte, foi apenas a sexta na história da Fórmula 1 a conceder metade dos pontos.

Os regulamentos da F1 dizem que isso pode acontecer "se o líder completou mais de duas voltas, mas menos de 75% da distância original da corrida".

O presidente da FIA, Jean Todt, confirmou que as regras estão sendo revisadas.

"A FIA, junto com a Fórmula 1 e as equipes, revisará cuidadosamente os regulamentos para ver o que pode ser aprendido e aprimorado no futuro", disse o francês em um comunicado no Twitter.

"As descobertas, incluindo o tópico de alocação de pontos, serão adicionadas à agenda da próxima reunião da Comissão F1 em 5 de outubro."

Todt disse que a corrida apresentou "desafios extraordinários" e que as janelas do tempo previstas pelos meteorologistas não se materializaram.

Ele disse lamentar pelos espectadores que esperaram horas na chuva e no frio, mas os regulamentos existentes foram corretamente aplicados.

A corrida foi a mais curta de todos os tempos da Fórmula 1, com Max Verstappen, da Red Bull, levando a vitória e 12,5 pontos, reduzir a liderança de Lewis Hamilton para três pontos.

Várias equipes e pilotos questionaram a decisão de atribuir pontos, uma vez que não houve uma corrida real.

A Alfa Romeo, uma das maiores perdedoras depois que a rival Williams conquistou 10 pontos graças ao segundo lugar de George Russell e o nono de Nicholas Latifi, foi particularmente prejudicada.

"Este resultado prejudica a todos nós, mas em particular aos fãs do esporte, que não receberam o show que vieram ver", disse o time nono colocado no campeonato, agora a 17 pontos da Williams, em um comunicado.

"Esperamos que lições tenham sido aprendidas ... lições que irão melhorar a forma como atuamos no futuro e que coloquem os torcedores do nosso esporte na posição que merecem estar."

(Reportagem de Alan Baldwin)

Últimas