Esportes Ferroviária goleia e consegue classificação improvável na Libertadores Feminina

Ferroviária goleia e consegue classificação improvável na Libertadores Feminina

A Ferroviária conseguiu uma improvável e heroica classificação às quartas de final da Copa Libertadores Feminina. Nesta sexta-feira, derrotou a Universidad de Chile por 4 a 1, no Estádio José Amalfitani, e avançou graças aos critérios de desempate, com o gol decisivo sendo marcado aos 43 minutos do segundo tempo.

Vindo de derrotas para Libertad Limpeño, por 4 a 0, e empate com o Peñarol, por 1 a 1, a Ferroviária fechou a sua participação no Grupo D com 4 pontos, saldo negativo de 1 gol e 5 marcados. Um desempenho quase idêntico ao do time paraguaio, que a goleara na rodada inicial, mas fez um gol a menos.

O desafio da Ferroviária nesta sexta-feira era complicado, pois a Universidad de Chile havia vencido nas duas rodadas iniciais, avançando antecipadamente às quartas de final. Mas foi goleada pelo time de Araraquara, que também foi ajudado pelo empate por 0 a 0 entre Peñarol e Libertad Limpeño.

No José Amalfitani, a Ferroviária dominou o primeiro tempo e abriu o placar aos 41 minutos, com o gol marcado por Ana Alice, de cabeça. Só que a Universidad de Chile respondeu na sequência e igualou o placar aos 42, com Oviedo.

Ainda assim, a Ferroviária voltou animada para o segundo tempo. O time campeão brasileiro em 2019 viu Ana Alice marcar o seu segundo gol no duelo aos 11 minutos, encobrindo a goleira adversária. Nicoly fez o seu aos 17, com Rafa Mineira anotando o gol da classificação aos 43.

Além da Ferroviária, o futebol brasileiro também contará com o Corinthians nas quartas de final da Libertadores. Vindo de três vitórias, com 27 gols marcados, vai encarar o Santiago Morning no domingo. Já o Avaí Kindermann foi o terceiro colocado na sua chave e está eliminado.

Últimas