Federer: recuperação está sendo mais demorada que o previsto

Um dos treinadores do tenista revelou que o processo de recuperação de uma cirurgia no joelho direito está deixando a desejar

Federer passou por cirurgia em fevereiro

Federer passou por cirurgia em fevereiro

Lukas Coch/EFE/22-01-20

Ex- número 1 do mundo e atual quarto colocado no ranking da ATP, o suíço Roger Federer não está tendo a melhor recuperação de uma lesão sofrida no joelho direito no início deste ano. Em fevereiro, pouco depois do Aberto da Austrália, o tenista passou por uma cirurgia para tentar resolver o problema, mas Severin Luthi, um de seus treinadores, revelou que o processo de reabilitação está deixando a desejar.

Leia mais: 'Tyson não é meu amigo, mas temos objetivos em comum', diz Holyfield

"Não está ocorrendo tão bem como esperávamos, está sendo mais lenta", disse Severin Luthi, que também é o capitão da Suíça na Copa Davis, em entrevista para o canal de TV suíço SRF.

Por conta da cirurgia, Federer já havia anunciado que ficaria de fora de Roland Garros - que foi adiado devido à pandemia do novo coronavírus -, na França, e dos torneios do circuito profissional da ATP, os quais também não aconteceram desde a suspensão da temporada em março.

Veja também: Jogador de futebol vira feirante após ter contrato encerrado na pandemia

Severin Luthi contou ainda que há a possibilidade de os torneios retornarem em setembro, quando Federer já deverá estar totalmente recuperado da lesão. "Acredito que podemos voltar a ver alguma ação a partir desse mês. Estamos com esperança disso", declarou.

Ayrton Senna se tornou inspiração para inúmeras obras de arte