Esportes Federação libera e estádio em Palhoça deverá ser a casa do Avaí no Catarinense

Federação libera e estádio em Palhoça deverá ser a casa do Avaí no Catarinense

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) liberou nesta quinta-feira o estádio Renato Silveira, na cidade de Palhoça (SC), para receber os jogos do Avaí na retomada do Campeonato Catarinense. Por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, a prefeitura de Florianópolis, um dos exemplos de atuação no combate à doença, vetou os jogos na capital.

Com a liberação, o Avaí atuará na casa do Guarani, que deverá receber o confronto contra a Chapecoense, pelas quartas de final. Por outro lado, a FCF vetou a utilização do Campo do Avante, na mesma cidade, que fica na região metropolitana de Florianópolis, por falta de segurança. O Figueirense demonstrou interesse em atuar no local.

"O Campo do Avante passou por vistoria, tem um gramado muito bom, mas foi vetado pela falta de segurança, tem muro pequeno e poderia ter aglomeração em volta. Imagina o Figueirense jogando ali. Estamos partindo para outras vistorias, em Biguaçu, em Palhoça, vendo outras possibilidades. O Renato Silveira está liberado, tem todos os laudos de segurança para o Avaí mandar os jogos", disse o presidente da FCF, Rubens Angelotti, à rádio CBN.

SUBINDO - O Avaí aproveitou a pandemia para colocar entre os profissionais quatro jogadores vindos das categorias de base. Os atletas foram chamados para os treinamentos e passaram por todo o protocolo do departamento médico, sendo submetidos aos testes físicos e aos da covid-19.

O grupo é formado por Luis Eduardo, atacante de 17 anos, o também atacante Tucão, de 18, que está no clube desde os 11, o volante Luan, de 20, além do meia canhoto Thiaguinho, também de 20.

Últimas