Esportes Fábio renova por nova temporada e chegará a 1000 jogos no Cruzeiro com 42 anos

Fábio renova por nova temporada e chegará a 1000 jogos no Cruzeiro com 42 anos

O Cruzeiro vai disputar a Série B do Brasileirão pelo terceiro ano seguido, mas seu torcedor ganhou uma ótima notícia nesta sexta-feira. Ídolo, o goleiro Fábio renovou contrato por mais uma temporada e completará mil jogos com a camisa do clube aos 42 anos.

Fábio já defendeu o Cruzeiro em 973 partidas e havia a chance de aposentadoria no fim do ano. O goleiro, jogador mais longevo dos clubes grandes do País atualmente, quer recolocar o time na elite nacional antes de um adeus e optou por ampliar seu vínculo.

"Primeiro quero agradecer a Deus pela oportunidade de vestir essa camisa todos esses anos e de poder renovar mais uma vez com o Cruzeiro para 2022. É mais um presente que Deus me concede. Quero agradecer a confiança do presidente pela renovação. Caminharemos juntos neste 2022, que seja um ano de alegria para o nosso torcedor", afirmou o goleiro, que defende a equipe desde 2000.

Acostumado a somar títulos no clube, Fábio espera fazer uma nova temporada com motivos de festa e alegria aos cruzeirenses. "Faremos o máximo possível para conseguir o acesso e nunca mais sair da Série A, que é o nosso lugar. Nossa história condiz com a Série A, com conquistas, com vitórias, com histórias grandiosas. Quero agradecer também à minha esposa, Sandra, o Pablo e a Valentina, meus filhos, pela força, pelo carinho de sempre e, principalmente, à nação cruzeirense", destacou.

O presidente Sérgio Santos Rodrigues, um dos responsáveis por conduzir as negociações de renovação com o goleiro, comemorou o acerto com o ídolo para sua 23ª temporada em Belo Horizonte.

"O Fábio é merecedor disso, está jogando em alta performance. É um atleta que treina pesado todos os dias e jogou praticamente todos os jogos, ou seja, sempre está apto, com histórico de lesão quase zero", disse. "É muito dedicado, identificado e vitorioso dentro do Cruzeiro. Representa muito. A presença dele aqui, no ano que vem, será fundamental. Estamos muito felizes por sacramentar esse acordo, é uma coisa que ele queria e a gente também", seguiu. "Agora é fazer essa marca histórica, se Deus quiser, dos mil jogos e, no fim do ano que vem, o acesso", declarou, confiante, Sérgio Santos Rodrigues.

Últimas