Esportes Ex-zagueiro paraguaio e ídolo do Corinthians, Gamarra vai se aventurar no MMA

Ex-zagueiro paraguaio e ídolo do Corinthians, Gamarra vai se aventurar no MMA

O zagueiro Gamarra se destacou na seleção do Paraguai e com a camisa do Corinthians por não cometer faltas. O defensor de jogo limpo, que não batia em ninguém, vai se aventurar nas lutas marciais. Aos 50 anos, ele revelou em Assunção, neste sábado à noite, que ainda em 2021 vai fazer sua estreia nos octógonos como lutador de MMA.

"Estou há três anos e pouco nisso, treinando e trabalhando todos os dias, juntamente com o professor. Minha paixão é entrar nessa jaula, é um sonho que tenho", afirmou Gamarra, em entrevista ao canal de TV paraguaio GEN.

O jogador chegou a trabalhar como dirigente após a aposentadoria dos gramados. Foi diretor do Rubio Ñu, do Paraguai, época em que o amigo de seleção Francisco Arce, hoje técnico do Cerro Porteño, iniciava sua carreira de treinador. Mas também não se adaptou ao terno e agora vai apelar às luvas para seguir a carreira de esportista.

"Acredito que já estamos prontos para entrar. Depende do que disser o professor, mas acredito que estamos prontos", garantiu. "Estamos aperfeiçoando todas as artes marciais necessárias para entrar numa jaula para encarar um oponente que seja um bom lutador. Acredito que em dezembro eu possa."

E não pense que a ida de Gamarra ao MMA será apenas para lutas de exibição. O ex-zagueiro garante que está se preparando para lutas duras e que treina para aguentar a trocação de golpes ou mesmo combates no chão. "Estamos muito bem preparados em cima. E no chão, já estamos preparados também, sem problemas", assegurou.

A entrevista foi concedida durante o evento Copa Team Force Internacional 4, sábado à noite, em Assunção, no Paraguai. Gamarra foi ao torneio de MMA acompanhado do ex-goleiro Chilavert. Ele vem acompanhando combates de futuros adversários para não ser pego de surpresa quando subir aos octógonos.

Últimas