Esportes Equador anula Venezuela, vence e se firma na 3.ª posição das Eliminatórias

Equador anula Venezuela, vence e se firma na 3.ª posição das Eliminatórias

Sem muito esforço, o Equador deu mais um passo rumo à Copa do Mundo ao derrotar a Venezuela por 1 a 0, na noite desta quinta-feira, no estádio Casa Blanca, em Quito, pela 13ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. Este foi o quinto jogo sem derrota do time equatoriano frente ao rival. Foram quatro triunfos e um empate.

O time equatoriano está muito perto de confirmar sua quarta participação no Mundial. Do outro lado, não será desta vez que a Venezuela irá para uma Copa. A equipe vino tinto tem apenas sete pontos, na lanterna.

Visando se aproximar de Brasil e Argentina, o Equador confirmou o favoritismo durante o primeiro tempo, teve a posse de bola e abriu o marcador com gol aos 40 minutos. Gonzalo Plata cobrou falta na cabeça de Haincapié, que testou firme para o fundo das redes. O VAR foi acionado, mas o gol acabou confirmado pela arbitragem.

Apesar do domínio equatoriano, foi a Venezuela que criou a primeira oportunidade da partida, em um chute de Marchís. Ele arriscou de longe e mandou rente à trave. A equipe vino tinto, no entanto, seguiu errando muito, com as mesmas fragilidades de rodadas anteriores e não evitou a derrota nos primeiros 45 minutos.

Se o jogo já era morno na etapa inicial, no segundo tempo foi mais frio ainda. O Equador recuou sua marcação e praticamente 'sentou' no resultado. Sem Soteldo, ex-Santos, a Venezuela não conseguiu criar e foi facilmente parado pelo adversário, que foi administrando a vantagem conforme o passar do tempo.

Leonardo González tentou mexer, colocou em campo nomes como o de Savarino, do Atlético Mineiro, mas o panorama seguiu sem ser alterado. O Equador, sem muito esforço, anulou a Venezuela e confirmou mais uma vitória nas Eliminatórias.

Últimas