Esportes Empresa quer testar tecnologia em jogo do Dortmund que permite volta do público

Empresa quer testar tecnologia em jogo do Dortmund que permite volta do público

Restando apenas uma rodada para o término do Campeonato Alemão, os organizadores da Bundesliga, promotora da competição, já estão de olho na volta dos torcedores aos estádios. Para que isso seja possível já no início da próxima temporada, em meados de agosto ou início de setembro, a empresa de tecnologia G2K, que desenvolve inteligência artificial, vai ajudar no monitoramento dos presentes nas arenas para que as medidas de saúde sejam cumpridas.

A partida entre Borussia Dortmund e Hoffenheim, neste sábado, no estádio Signal Iduna Park, em Dortmund, que ainda será sem a presença de público, será utilizado para testes dessas câmeras. O sistema da empresa vai fazer a medição de temperatura com uma câmera térmica e reconhecimento de máscara para ver se as pessoas estão usando ao longo do jogo, além de observar a ocupação e distância entre os torcedores em uma área de arquibancada selecionada.

"Nossa plataforma permite detectar caso as pessoas estejam mais juntas ou não usem máscaras. Gera um alarme de forma que alguém vai corrigir o que está errado", disse Karsten Neugebauer, co-fundadora da empresa G2K.

Ela completou explicando como evitar a propagação do novo coronavírus. "Agora sabemos como os focos de infecção se desenvolvem e como o vírus se espalha. Nosso foco é determinar os dados que podem ser usados para evitar rotas de infecção. As pessoas mantêm a distância necessária? Você usa uma máscara? Garantimos que as infecções sejam detectadas através da medição da febre? Transferimos essas informações para um gerenciamento, para reagir de acordo".

O Campeonato Alemão foi o primeiro dos grandes da Europa a retornar após a paralisação provocada pela pandemia da covid-19. A competição voltou no dia 16 de maio e o Bayern de Munique garantiu, com antecedência, o oitavo título consecutivo.

Últimas