Esportes Em meio à pandemia, encarada no UFC 249 tem distanciamento e uso de máscaras

Em meio à pandemia, encarada no UFC 249 tem distanciamento e uso de máscaras

Em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus, o UFC retorna com os seus eventos neste sábado, em Jacksonville, nos Estados Unidos. O evento de número 249 contou com a tradicional pesagem nesta sexta-feira. Entre as principais mudanças para seguir os protocolos de segurança estão a encarada com distanciamento e o uso de máscaras e até luvas por parte de alguns lutadores.

Na balança, apenas Jeremy Stephens acabou ultrapassando o peso em 2,1kg acima do limite ao marcar 68,3kg. Os outros 23 lutadores, incluindo os três brasileiros - Fabrício Werdum, Ronaldo Jacaré e Vicente Luque -, não tiveram problemas para bater o peso.

Stephens já havia informado que não bateria o peso e foi autorizado pela Comissão de Boxe da Flórida a lutar. Ele recebeu uma multa de 30% da sua bolsa. O valor será entregue para Calvin Kattar, seu adversário.

A tradicional encarada aconteceu após a pesagem. Os lutadores precisaram manter uma certa distância e alguns optaram por usar máscaras e luvas, caso do brasileiro Ronaldo Jacaré, que encara Uriah Hall. Alguns atletas se cumprimentaram tocando os punhos e outros fizeram o tradicional aperto de mão.

Confira abaixo o resultado da pesagem do UFC 249:

CARD PRINCIPAL

Pelo cinturão interino peso-leve (até 70,3 Kg): Tony Ferguson (70,3 Kg) x Justin Gaethje (70,3 Kg)

Pelo cinturão peso-galo (até 61,2 Kg): Henry Cejudo (61,2 Kg) x Dominick Cruz (61,2 Kg)

Peso-pesado (até 120,2 Kg): Francis Ngannou (118,6 Kg) x Jairzinho Rozenstruik (117,9 Kg)

Peso-pena (até 65,7 Kg): Jeremy Stephens (68,2 Kg) x Calvin Kattar (66,2 Kg)

Peso-pesado (até 120,2 Kg): Greg Hardy (120,4 Kg) x Yorgan de Castro (118,8 Kg)

Últimas