Esportes Em discussão de astros de gerações diferentes, Durant rebate críticas de Pippen

Em discussão de astros de gerações diferentes, Durant rebate críticas de Pippen

Scottie Pippen deu uma entrevista recente e fez várias críticas ao jogo e ao lugar de Kevin Durant na história da NBA. E isso gerou uma grande resposta do astro do Brooklyn Nets. Na entrevista concedida à revista americana GQ, Pippen explicou porque acredita que Durant não ultrapassou LeBron James na hierarquia da história da liga.

"KD pode marcar melhor que LeBron, provavelmente sempre foi capaz. Mas será que ele superou LeBron? Não. Ele tentou vencer o Milwaukee Bucks em vez de utilizar sua equipe. Você entende o que estou dizendo? LeBron James teria descoberto como vencê-los e não estaria exausto, e talvez não tivesse dado o último arremesso. Mas LeBron não é KD, e KD não é LeBron. KD é um atirador, um artilheiro. Mas ele não tem o que LeBron tem", disse Pippen.

Quando a notícia chegou até Durant, o jogador dos Nets respondeu no Twitter, trazendo à tona dois dos momentos mais notórios da carreira de Pippen.

Durant relembrou uma das partidas do Chicago Bulls contra o New York Knicks em 1994, também pela semifinal da Conferência Leste. Com o placar empatado em 102 a 102, o técnico Phil Jackson chamou uma jogada para Toni Kukoc. O croata acertou a jogada vencedora e deu a vitória aos Bulls, mas Pippen ficou chateado com o fato da jogada não ter passado por ele.

Durante as semifinais do Leste contra os Bucks, Durant teve médias de 35,4 pontos, 10,6 rebotes e 5,4 assistências por jogo, com uma porcentagem de 49,7% nos arremessos.

O jogador de 32 anos também se tornou o primeiro jogador na história da NBA a marcar pelo menos 45 pontos, 15 rebotes e deu 10 assistências em um jogo de playoff (feito conquistado no jogo 5 contra os Bucks).

Durant colocou esses números sem ter Kyrie Irving disponível para os três jogos finais da série contra os Bucks. Além disso, o armador James Harden disputou o restante da série sem estar 100%.

Últimas