Esportes Em boa fase e com mesma missão, Juventude e Cuiabá se enfrentam no Alfredo Jaconi

Em boa fase e com mesma missão, Juventude e Cuiabá se enfrentam no Alfredo Jaconi

Juventude e Cuiabá subiram juntos à elite do futebol nacional e voltam a se enfrentar neste sábado, às 17h, no estádio Alfredo Jaconi, com os mesmos objetivos: seguirem fora da zona de rebaixamento.

O Cuiabá está em alta no Brasileirão. O time do Mato Grosso não perde há três jogos e vem de triunfo sobre o Santos, por 2 a 1. A boa fase fez com que subisse para a 11ª colocação, dentro da zona de classificação para a Copa Sul-Americana, com 24 pontos. Na zona de rebaixamento, o América Mineiro tem 18.

O Juventude empatou seus últimos três jogos, tendo ficado no 1 a 1 diante do Corinthians, em São Paulo, na última terça-feira. A equipe alviverde soma 23 pontos, na 13ª colocação.

O Cuiabá vem enfrentando um surto de covid-19 em seu elenco. O técnico Jorginho não terá três jogadores à disposição e teme perder mais nas próximas horas. O treinador não poderá contar com os volantes Pepê e Uillian Correia, além do atacante Osman. O primeiro já vinha desfalcando o clube por conta de uma lesão.

Sem Pepê, Jorginho confirmou Camilo na equipe titular. As outras novidades são: Rafael Gava, recuperado de problemas musculares, e Alan Empereur, este relacionado pela primeira vez. O primeiro briga por posição com Jonathan Cafú.

"Quando cheguei aqui, coloquei a meta de 24 pontos, depois as coisas dificultaram e falei em passarmos dos 20 pontos. Isso nos dá esperança de fazer um bom segundo turno, porque quando a corda começa a apertar, não é fácil. Nosso objetivo é permanecer na Série A, e depois podemos pensar em coisas maiores", disse Jorginho.

Do outro lado, Marquinhos Santos recebeu uma boa notícia. O Juventude conseguiu um efeito suspensivo para utilizar o volante Guilherme Castilho na partida. O jogador havia recebido dois jogos de suspensão pela expulsão diante do Internacional.

Como vai jogar em casa, o Juventude deverá apostar em um sistema mais ofensivo. A tendência é que Matheus Jesus retorne ao time titular. Já Marcos Vinícios é o favorito para assumir a vaga de Capixaba, suspenso, e formar o trio com Paulinho Boia e Ricardo Bueno.

"Nós estamos tendo a felicidade de escolher os atletas certos com as suas características para ingressar, dentro da estratégia traçada para cada jogo. E com isso o coletivo cresce. Precisamos seguir avançando para conquistar nossos objetivos ao longo da competição", falou o treinador.

Últimas