Esportes Dudu se torna jogador do Palmeiras com mais títulos no século

Dudu se torna jogador do Palmeiras com mais títulos no século

O título da Recopa Sul-Americana em cima do Athletico-PR fez Dudu se tornar o jogador do Palmeiras com mais taças no século 21 ao lado do goleiro Jailson, que defendeu o clube entre 2015 e 2021. O atacante, dono de uma série de marcas individuais, ergueu seu sétimo troféu pela equipe na última quarta-feira.

"Conquistar mais um título pelo Palmeiras é absolutamente incrível. É um sentimento maravilhoso", descreveu Dudu. "Cada um deles com um significado especial e fruto do grande trabalho realizado nos últimos anos por todos dentro do clube, desde nós, jogadores, até o pessoal que cuida de nós todos os dias lá no CT", completou o camisa atleta, que voltou a usar a camisa 7 nesta temporada.

Desejado por Corinthians e São Paulo, Dudu começou a sua trajetória bem-sucedida no Palmeiras em 2015, quando se tornou um dos símbolos da reestruturação do clube. Nas temporadas seguintes alcançou o status de ídolo, sendo protagonista nas conquistas da Copa do Brasil de 2015, dos Brasileiros de 2016 e 2018 e do Paulistão de 2020. Na Libertadores de 2020, participou da fase de grupos antes de ser emprestado. Por isso, faz parte do grupo campeão.

Na metade de 2020, com problemas pessoais, resolveu respirar novos ares e foi emprestado ao Al Duhail, do Catar, por onde atuou por um ano. Em julho de 2021, retornou do país árabe para ser decisivo na reta final da Libertadores e, agora, ergueu o troféu da Recopa.

"Foi muito bom comemorar mais um título na nossa casa, ao lado da nossa torcida. A gente estava com saudade disso, desse ambiente ao lado do nosso torcedor. A alegria é grande, escrevemos nossos nomes em mais um momento histórico do Palmeiras", afirmou o atacante. Ele está contente com as marcas individuais e as taças, mas quer mais.

"A temporada ainda está só começando e a minha motivação continua a mesma por novos títulos. Teremos grandes campeonatos em 2022 e iremos brigar por todos", avisou o artilheiro o jogador, autor de 77 gols e 82 assistências em 341 partidas pelo Palmeiras.

Ele é o maior artilheiro do atual elenco e do clube no século, o principal goleador palmeirense na era dos pontos corridos (43) e o segundo em toda a história do Brasileirão, atrás apenas de César Maluco (61). Também lidera o ranking de gols, assistências, atuações e vitórias do Palmeiras no Allianz Parque e se igualará ao histórico zagueiro Luis Pereira na próxima vez em que atuar na casa palmeirense, chegando a 146 partidas no estádio.

Últimas