Esportes Djokovic vence chileno Garín e chega às quartas de Wimbledon; Federer avança

Djokovic vence chileno Garín e chega às quartas de Wimbledon; Federer avança

TENIS-WIMBLEDON-MASCULINO:Djokovic vence chileno Garín e chega às quartas de Wimbledon; Federer avança

Reuters - Esportes

LONDRES (Reuters) - O sérvio Novak Djokovic derrotou o chileno Cristian Garín por 6-2, 6-4 e 6-2, nesta segunda-feira, para avançar às quartas de final de Wimbledon, em mais um passo em sua defesa do título na grama de Londres.

O tenista número 1 do mundo, que conquistou os dois últimos títulos no All England Club, fará sua 50ª partida pelo Grand Slam britânico contra o húngaro Marton Fucsovics, que bateu o russo Andrey Rublev, quinto cabeça de chave, por 6-3, 4-6, 4-6, 6-0 e 6-3.

Garín, 17º cabeça de chave, nunca havia enfrentado Djokovic na grama e pouco foi capaz de fazer contra o sérvio.

Djokovic conquistou os primeiros oito pontos da partida e não tirou o pé do acelerador durante uma hora e 48 minutos de partida, dominando o chileno com seu jogo desde a linha de fundo.

O sérvio perdeu apenas 13 pontos em seu saque e quebrou o serviço de seu rival cinco vezes para se manter no caminho para o 20º título de Grand Slam, que o colocaria ao lado de Roger Federer e Rafael Nadal entre os maiores vencedores.

Um sexto troféu de Wimbledon no domingo também deixaria o jogador de 34 anos mais perto do Golden Slam, com os Jogos Olímpicos de Tóquio e o Aberto dos Estados Unidos sendo disputados em quadras duras ainda este ano.

"O nível de confiança está muito, muito alto, obviamente, depois de vencer o Aberto da França", disse Djokovic após a partida. "Estou muito confiante e os meus níveis de energia são muito bons. Estou feliz."

"Portanto, quanto mais o torneio avança, me sinto mais confortável jogando na grama. Estou ansioso para o próximo desafio", acrescentou.

Também nesta segunda, Federer se tornou o homem mais velho na era dos Abertos a chegar às quartas de Wimbledon ao derrotar o italiano Lorenzo Sonego por 7-5, 6-4 e 6-2.

O suíço, que completa 40 anos no mês que vem, estava empatado em 5 a 5 no primeiro set, quando uma chuva torrencial mandou os jogadores de volta ao vestiário.

A interrupção de 20 minutos, durante a qual o telhado foi fechado sobre a quadra central, não favoreceu Sonego, que imediatamente cometeu uma dupla falta para perder seu saque.

Esse foi o impulso de que Federer precisava, depois de ter aproveitado dois de nove break points no primeiro set.

A partir daí, o suíço assumiu o controle do jogo e dirigiu-se sem problemas para a vitória. Na próxima rodada, o octacampeão no All England Club enfrentará o vencedor do confronto entre o russo Daniil Medvedev e o polonês Hubert Hurkacz.

Em outro jogo do dia, o canadense Denis Shapovalov derrotou o espanhol Roberto Bautista Agut por 6-1, 6-3 e 7-5.

(Reportagem de Pritha Sarkar)

Últimas