Esportes Destaque na semi, Santos revela clima para o bi olímpico: 'Vamos fazer de tudo'

Destaque na semi, Santos revela clima para o bi olímpico: 'Vamos fazer de tudo'

No duro embate contra o México, a seleção brasileira de futebol masculino aguentou a pressão dos adversários graças ao sólido sistema defensivo, já elogiado pelo técnico André Jardine, mas com um grande destaque: Santos. O goleiro na campanha olímpica fez ótimas defesas no tempo normal e participou ativamente da decisão que levou o time à final da Olimpíada de Tóquio-2020, defendendo um dos pênaltis perdidos dos mexicanos, depois de um jogo dramático na prorrogação.

O clima, de acordo com Santos, é de esforço máximo e muita garra para conseguir o bicampeonato olímpico, após a conquista inédita no Rio-2016. "Estar na seleção brasileira é um sonho que começou há muito tempo. Fico muito feliz de poder ajudar cada um dos meus companheiros, fazendo parte desse momento. Espero continuar atuando da melhor maneira possível porque o objetivo é um só: vamos em busca da medalha de ouro e vamos fazer de tudo para conquistá-la", disse Santos, esperançoso.

O desempenho de Santos e da defesa do Brasil vem sendo um dos chamarizes da seleção olímpica em Tóquio. A equipe de Jardine foi vazada apenas três vezes em cinco jogos. Quando Santos foi acionado trabalhou muito bem debaixo das traves e atua também, aos 31 anos, como liderança em meio aos mais jovens.

"O vestiário nesse momento a gente, como falei anteriormente, temos que procurar comemorar o que dá para comemorar. O próximo jogo já está aí na sequência. Esse grupo merece, a rapaziada fez por merecer. No próximo jogo a gente sabe das dificuldades que teremos pela frente. Temos que nos preparar o máximo possível, porque, com certeza, vai ser um grande jogo", afirmou o jogador.

O Brasil enfrenta a Espanha neste sábado, às 8h30 (de Brasília), na final do futebol masculino da Olimpíada de Tóquio-2020, em Yokohama.

Últimas