David Luiz renova contrato com o Arsenal para a próxima temporada

Contrato do defensor se encerraria ao fim da atual temporada, cuja reta final foi adiada pela pandemia do novo coronavírus

David Luiz foi elogiado pelo dirigente Edu Gaspar

David Luiz foi elogiado pelo dirigente Edu Gaspar

Laurence Griffiths/EFE/17-06-20

Apesar do momento pouco favorável no Arsenal, o zagueiro David Luiz acertou nesta quarta-feira a renovação do seu contrato com o clube inglês. O jogador de 33 anos, com seguidas passagens pela seleção brasileira, definiu vínculo com o time londrino até o fim da próxima temporada europeia.

Leia mais: 'Fui rotulado injustamente', diz Lazaroni, 30 anos após Copa de 1990

O contrato do defensor se encerraria ao fim da atual temporada, cuja reta final foi adiada pela pandemia do novo coronavírus. "David é um jogador muito importante para nós. Ele jogou a maior parte das partidas nesta temporada e foi importante para o time", disse o também brasileiro Edu Gaspar, dirigente do Arsenal.

Gaspar também elogiou o estilo de jogo do zagueiro e "a comunicação com os demais jogadores dentro e fora do gramado". "Ele ajuda todo mundo", reforçou o diretor técnico do Arsenal.

A retomada do futebol, no entanto, não tem sido positiva para David Luiz. Logo no primeiro jogo da equipe ele cometeu seguidos erros, que levaram o Arsenal a sofrer uma dolorosa derrota por 3 a 0 diante do Manchester City, em rodada do Campeonato Inglês.

Veja também: Quarentena impõe nova realidade a pais, alunos e educadores de todo o Brasil

O zagueiro, que entrou ainda no primeiro tempo daquele jogo no lugar do espanhol Pablo Marí, foi duramente criticado por falhar no primeiro gol do rival e ainda ser expulso após cometer o pênalti que resultou no segundo.

"Não foi culpa do time, foi culpa minha. Tomei a decisão de jogar. Eu deveria ter tomado uma decisão diferente nos últimos dois meses sobre o meu contrato. Decidir o mais rápido possível sobre isso, mas não tomei essa decisão. Foi culpa minha e estou aqui para assumir", comentara David Luiz.

Volta do futebol na Europa abre espaço para novo ciclo de craques