Esportes CSA vence Sampaio Corrêa de virada e entra no G4 da Série B

CSA vence Sampaio Corrêa de virada e entra no G4 da Série B

O CSA entrou no G4, a zona de acesso, do Campeonato Brasileiro da Série B ao derrotar o Sampaio Corrêa, de virada, por 2 a 1, na tarde deste sábado, no estádio Rei Pelé em Maceió, pela 32.ª rodada. O time alagoano acabou tirando o Cuiabá da zona de acesso e aumentou a crise do seu adversário.

Com o resultado, o CSA ficou em quarto lugar, com 51 pontos, mesma pontuação do Cuiabá, que caiu para quinto, por causa do maior número de vitórias do clube de Alagoas: 15 a 14. O Sampaio, que não vence há seis jogos, tem 45, em oitavo.

O primeiro tempo teve como destaque o sistema defensivo das equipes. Compactas, as defesas não deram espaços para criação dos atacantes. O CSA teve a posse de bola, mas era lento na saída de jogo e criou pouco. Em uma delas, Nadson chutou em cima do goleiro Gustavo. Na segunda, Paulo Sérgio tentou uma acrobacia, mas errou o alvo.

O Sampaio, assim como seu adversário, não estava em um dia inspirado na criação. Em má fase, o time maranhense mostrou muito nervosismo e errou lances bobos. A melhor oportunidade foi de Léo Costa, que arriscou de longe e exigiu grande defesa de Matheus Mendes.

O panorama continuou no segundo tempo até os 20 minutos, quando Marcinho acertou um lindo chute do meio da rua e abriu o placar para o Sampaio Corrêa. O gol acabou levando o CSA a "acordar", virando o jogo em apenas cinco minutos.

Aos 22, o artilheiro Paulo Sérgio viveu seu dia de "garçom". Ele deu cruzamento açucarado para Yago cabecear no canto. Mesmo após o gol, Mozart fez duas mudanças que deram resultado. Yago jogou para Rone, que acabara de entrar. O atacante pegou de primeira para fazer 2 a 1.

Atrás no placar, o Sampaio perdeu a cabeça. Pimentinha xingou o árbitro e acabou expulso. Com um a menos, o time maranhense só conseguiu assustar em jogadas de bola parada. O CSA tomou o domínio do jogo e segurou o resultado para seguir na briga pelo acesso à elite do futebol nacional.

Na próxima rodada, o CSA enfrenta o Figueirense na sexta-feira, às 21h30, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. No mesmo dia, às 21h30, o Sampaio Corrêa recebe o Cruzeiro no Castelão, em São Luis.

FICHA TÉCNICA

CSA 2 X 1 SAMPAIO CORRÊA

CSA - Matheus Mendes; Norberto (Cedric), Rodolfo Filemon, Luciano Castán e Diego Renan; Geovane, Nadson (Yago) e Gabriel (Pedro Lucas); Rafael Bilu (Andrigo), Paulo Sérgio e Rodrigo Pimpão (Rone). Técnico: Mozart.

SAMPAIO CORRÊA - Gustavo; Joazi, Joécio, Daniel Felipe e João Victor (Marlon); Léo Costa (Serginho), Vinícius Kiss (André Luiz) e Marcinho (Robson); Pimentinha, Caio Dantas e Roney (Jackson). Técnico: Léo Condé.

GOLS - Marcinho, aos 20, Yago, aos 22, e Rone, aos 25 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner Reway (PB).

CARTÕES AMARELOS - Norberto, Rodolfo Filemon, Geovane, Nadson e Rafael Bilu (CSA); Serginho (Sampaio Corrêa).

CARTÃO VERMELHO - Pimentinha (Sampaio Corrêa).

RENDA E PUBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)

Últimas