Correção: Lampard estranha atletas serem testados antes de profissionais da saúde

O texto enviado anteriormente contém um erro de digitação no título. Segue a versão corrigida:

Técnico e ídolo do Chelsea, Frank Lampard comentou sobre os planos para a volta da temporada do futebol na Inglaterra. O ex-atleta é a favor de que os jogos recomecem desde que todas as pessoas envolvidas na realização possam ser testadas para o coronavírus, mas admitiu ficar desconfortável com a possibilidade de que atletas sejam testados antes de profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia.

"A saúde e segurança de jogadores e membros da comissão é importante. Nós jogamos um esporte de contato que todos estamos desesperados para ver (voltar), mas como não vamos colocar os jogadores em risco com nisso?", comentou o técnico do Chelsea em entrevista ao canal de televisão BT Sport.

"O outro problema são os testes nós vamos precisar de um mínimo de 70 a 80 no Chelsea se voltarmos a treinar. É certo que a gente se teste regularmente, mas quando olhamos para o mundo... Acho que é importante colocar o futebol no lugar correto", opinou Lampard. Ao menos um jogador do Chelsea, o atacante Callum Hudson-Odoi, já testou positivo para o coronavírus.

"Não sei quantas pessoas do sistema de saúde foram testadas, pessoas que estão fazendo esse trabalho incrível nos últimos dois meses. Não me sentiriam bem comigo se não tivermos certeza que pessoas na linha de frente estão sendo testadas", afirmou Lampard.

O Reino Unido é uma das nações mais afetadas pelo coronavírus na Europa. Ao todo, foram 182 mil casos confirmados e 28.131 mortes decorrentes da covid-19 no país.