Esportes Correção: Beatriz Carneiro supera irmã gêmea e conquista bronze na Paralimpíada

Correção: Beatriz Carneiro supera irmã gêmea e conquista bronze na Paralimpíada

Na nota enviada anteriormente o nome de Beatriz Carneiro estava errado

Em uma prova com duas brasileiras irmãs gêmeas, Beatriz Carneiro conquistou a medalha de bronze na natação da Paralimpíada. Na disputa dos 100m peito classe SB14 (atletas com deficiência intelectual em provas de nado peito), Bruna superou a irmã Débora por apenas dois centésimos e levou a medalha.

As duas chegaram praticamente juntas ao final da prova. Beatriz terminou com o tempo de 1min17s61, enquanto Débora fechou com 1min17s63.O ouro acabou com a espanhola Michelle Alonso Morales (1min12s02, novo recorde mundial), e a britânica Louise Fiddes (1min15s93) ficou com a prata.

Agora, cada uma das irmãs tem uma medalha de bronze, já que Débora fez parte da equipe brasileira que disputou o revezamento 4x100m livre da classe s14 (atletas com deficiência intelectual), ao lado de Gabriel Bandeira, Felipe Vila Real e Ana Karolina de Oliveira.

Mais atletas brasileiros disputaram finais, mas sem medalha. Na final masculina dos 100m peito da classe SB14, o brasileiro João Pedro Brutus ficou em sétimo (1min07s84). Maiara Barreto chegou na 4ª colocação dos 50m costas classe S3 (atletas com braços ou pernas amputados ou que não conseguem usar as pernas), com Edenia Garcia terminando em 8ª. O ouro foi para a italiana Arjola Trimi, com a britânica Ellie Challis e a russa Lulia Shishova completando o pódio com prata e bronze.

Últimas