Esportes Corinthians joga em Goiânia a fim de encerrar sequência de empates

Corinthians joga em Goiânia a fim de encerrar sequência de empates

O Corinthians joga neste sábado, às 20h30, com o pensamento de encerrar a sequência de três empates que o tirou da liderança do Brasileirão. Uma vitória diante do Atlético-GO, fora de casa, em Goiânia, daria mais tranquilidade ao sempre pressionado Vítor Pereira e pode recolocar a equipe na ponta da tabela.

O Corinthians patina no Campeonato Brasileiro após os empates com Inter, São Paulo e América-MG. Tem os mesmos 15 pontos de Palmeiras e Atlético-MG, mas perde a liderança por causa do saldo de gols e aparece em terceiro. O time alviverde tem oito gols de saldo, o mineiro soma cinco e a equipe de Parque São Jorge apenas quatro.

Cássio vai completar 590 jogos neste domingo e se igualará a Biro-Biro no top 5 de atletas que mais vezes vestiram a camisa do Corinthians. O goleiro superou o episódio traumático envolvendo as ameaças que recebeu pela internet e voltou a se destacar. Foi ele o principal personagem do último clássico com o São Paulo. Suas defesas impediram a vitória do rival na Neo Química Arena.

E o Corinthians busca a reabilitação desfalcado de quatro de seus principais jogadores: o lateral-direito Fagner e o zagueiro João Victor, ambos em tratamento de entorse no tornozelo direito, o meio-campista Willian, com trauma no tornozelo direito, e o atacante Jô, em recuperação de um trauma na perna esquerda.

Além deles, o zagueiro Raul Gustavo, diagnosticado com covid-19, e o meio-campista Maycon, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo, não jogam. São, portanto, seis baixas importantes.

As ausências permitem a inclusão de jovens na lista de relacionados. Vítor Pereira levará para o banco o meio-campista Matheus Araújo (2002) e os atacantes Felipe (2004) e Wesley (2005). Por opção técnica, Luan foi cortado da relação.

Ainda que esteja na zona de rebaixamento, com sete pontos, o Atlético-GO fez boas apresentações recentemente, contra a LDU, pela Copa Sul-Americana, e o Inter, na competição nacional. "Em casa temos um aproveitamento muito bom. Esse jogo vai ser um bom ponto de partida (para a reação). É ganhar esse e o próximo jogo e sair da zona de rebaixamento", planeja o lateral-esquerdo Jefferson.

De fato, o aproveitamento dos goianos como anfitriões é melhor. Foi em casa, diante do Coritiba, que a equipe conquistou sua única vitória no torneio até aqui. O estádio Antônio Accioly terá casa cheia, uma vez que todos os 12 mil ingressos para a partida foram vendidos antecipadamente.

Últimas