Corinthians altera negociação com o Benfica e confirma venda de Pedrinho

O Corinthians alterou a negociação com o Benfica para confirmar a venda do meia-atacante Pedrinho. Em nota, nesta quarta-feira, o clube revelou que aceitou diminuir o valor de 20 milhões de euros (131 milhões), acertado em março, para 18 milhões de euros (R$ 117 milhões).

O Corinthians deixa de ganhar dois milhões de euros, mas vai receber cerca de R$ 12 milhões a mais, pois com o aumento da cotação do euro, os 20 milhões de euros em março correspondia a R$ 105 milhões. E o dinheiro todo deve ser depositado na conta até o fim do mês por um banco alemão. O Benfica só vai pagar a primeira parcela em agosto do próximo ano.

O "desconto" é por causa do retorno do atacante colombiano Yony González para o time português. Como o contrato permitia a devolução do atleta, caso ele não completasse cinco jogos no período de empréstimo de seis meses, o Corinthians deixa de pagar cerca de R$ 17 milhões.

"Nós tivemos uma readequação dos valores que tinham sido pagos e o Corinthians aceitou, o Benfica tinha proposto, e com isso eu vim a Portugal justamente para assinar esse novo contrato. Isso foi feito na tarde de hoje (quarta-feira), está tudo certo entre Corinthians e Benfica, era um entrave que estava acontecendo, mas agora já resolveu tudo e eu creio que a partir de amanhã (quinta-feira) o Pedrinho ficará apto a jogar pelo clube", disse o empresário Will Dantas, para a SIC Notícias, de Portugal.