Esportes Copa América retira jogos da Colômbia devido a protestos

Copa América retira jogos da Colômbia devido a protestos

FUT-AMERICA-COLOMBIA-PROTESTOS:Copa América retira jogos da Colômbia devido a protestos

Reuters - Esportes

BOGOTÁ (Reuters) - A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) decidiu, na quinta-feira, retirar jogos da Copa América de 2021 da coanfitriã Colômbia devido a uma onda de protestos no país.

O torneio deste ano, adiado em um ano pela pandemia, deveria ter duas sedes pela primeira vez em seus 105 anos de história, dividindo partidas entre a Colômbia e a Argentina.

"A Conmebol garante a realização da Copa América de 2021, e nos próximos dias informará a realocação destes jogos que deveriam acontecer na Colômbia", disse a organização em um comunicado.

A Conmebol rejeitou um apelo da Colômbia para postergar o torneio para o final do ano.

No início desta semana, a Argentina se ofereceu para sediar a competição inteira em meio a semanas de protestos antigoverno na Colômbia que já mataram ao menos 15 pessoas.

Gás lacrimogêneo disparado do lado de fora de alguns estádios colombianos durante partidas recentes causaram incômodo em jogadores e críticas de técnicos e autoridades. A Conmebol já transferiu alguns jogos da Colômbia para Paraguai e Equador.

Os protestos que começaram no final de abril, originalmente contra uma reforma tributária já descartada, causam escassez de alimento e gasolina e limita as exportações, disse o governo. Os manifestantes passaram a incluir exigências como uma renda básica, o fim da violência policial e mais oportunidades para os jovens.

(Reportagem de Julia Symmes Cobb, em Bogotá; Andrew Downie, em Londres; e Daniela DeSantis, em Assunção)

Últimas