Copa 2018 Vitória contra Costa Rica apresenta um Tite diferente e ousado 

Vitória contra Costa Rica apresenta um Tite diferente e ousado 

Treinador mexeu em algumas de suas características típicas desde o começo da carreira para mudar o time do Brasil no segundo tempo e conseguir vitória

mudança de tite

Treinador Tite foi diferente e Brasil conseguiu primeira vitória na Copa da Rússia

Treinador Tite foi diferente e Brasil conseguiu primeira vitória na Copa da Rússia

Buda Mendes/Getty Images - 22.06.2018

Um Tite diferente... Ousado. Foi isso que os torcedores brasileiros viram na vitória do Brasil contra a Costa Rica, por 2 a 0, nesta sexta-feira (22), em São Petersburgo.

Normalmente, o treinador não mexe no time no intervalo. Contra a Costa Rica, no entanto, Tite voltou para o segundo tempo com uma substituição. Tirou Willian e colocou Douglas Costa.

Sósia manda recado para Messi e acerta placar da vitória do Brasil

"No primeiro tempo o time não teve volume de jogo. Foi um início nervoso, errando passe. Segundo tempo retomou. O Douglas [Costa] tem amplitude na direita e na esquerda", explicou o treinador da seleção.

Outra característica muito comum de Tite é não abrir tanto o jogo. Em quase todas as substituições, o treinador troca jogadores de posições iguais, mas com estilos diferentes.

Atuações: as notas dos jogadores do Brasil contra a Costa Rica

Tite trocou Paulinho, volante, por Firmino, centroavante

Tite trocou Paulinho, volante, por Firmino, centroavante

Marcos Brindicci/Reuters - 22.06.2018

Nesta sexta-feira, a história foi diferente. Aos 23 do segundo tempo, o técnico tirou o volante Paulinho e colocou o atacante Roberto Firmino em campo. Em outras situações, Tite sacaria Gabriel Jesus para colocar o centroavante do Liverpool.

"Com a entrada do Firmino, passo a ter o Fagner como lateral construtor no lado direito e cinco jogadores mais enfiados [Gabriel Jesus, Roberto Firmino, Neymar, Philippe Coutinho e Douglas Costa]", afirmou o técnico do Brasil.

Neymar desabafa após gol e vitória na Copa: 'Falar até papagaio fala'

A terceira substituição da partida teve mais a assinatura de Tite. Depois do 1 a 0 com Philippe Coutinho, Gabriel Jesus foi substituído por Fernandinho, com a ideia de segurar a vitória e atrasar um pouco o jogo. O juiz deu seis minutos de acréscimos. O bom para os brasileiros é que Neymar fez o dele.

A ousadia de Tite deu certo. O time mudou no intervalo e o Brasil conseguiu a primeira vitória na Copa da Rússia.

A seleção brasileira entra em campo novamente na próxima quarta (27), no estádio Spartak de Moscou.

Veja as fotos mais bonitas de Brasil 2 x 0 Costa Rica: