Copa 2018 Vampeta: ‘Seleção é nota 7, só leva 10 se ganhar a Copa do Mundo'

Vampeta: ‘Seleção é nota 7, só leva 10 se ganhar a Copa do Mundo'

Pentacampeão em 2002, o ex-jogador entende que os escolhidos por Tite para representar o Brasil na Rússia ainda estão em evolução: 'Não ganharam nada'

Vampeta considera a seleção de Tite 'nota 7' e ainda em evolução

Vampeta considera a seleção de Tite 'nota 7' e ainda em evolução

Antonio Chahestian/Record TV

O pentacampeão mundial pelo Brasil — e da Copa América de 1999 — Vampeta prefere não rasgar elogios à seleção brasileira antes da Copa do Mundo. Apesar da ótima campanha nas Eliminatórias e a invencibilidade de Tite no comando do time, o ex-volante e atual comentarista esportivo entende que o atual elenco ainda não provou a superioridade diante dos grandes rivais no Mundial.

Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes

"Não digo que o Brasil é o favorito, mas está entre as cinco (seleções). Tem Espanha, Alemanha e Argentina. Também sempre tem uma surpresa, que pode ser Croácia ou Bélgica", avaliou. "A seleção é nota 7, só leva um 10 dez ganhar a Copa”, complementou o ex-campeão.

Irreverente, Vampeta também não teve dúvidas em apontar o elenco que conquistou a Copa de 2002 como melhor que os escolhidos por Tite para representar o Brasil na Rússia.

"Moleza: é a que foi campeã. Essa não ganhou nada ainda. Sou suspeito para falar, mas é só você ver quem joga mais: Rivaldo, Ronaldo, Kaká, Ronaldinho, Roberto Carlos e companhia", enfatizou.

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Mas o craque — bicampeão paulista (1998/2003), brasileiro (1998/99), do Torneio Rio-São Paulo (2002), da Copa do Brasil (2002) e Mundial (2000) pelo Corinthians — considerou correta a convocação dos jogadores que atuam no meio-campo, mais especificamente os volantes, função que ele exercia quando estava em campo. "São o que tem de melhor", finalizou.

Relembre grandes volantes do futebol brasileiro nas Copas:

    Access log