Copa 2018 Lopetegui: 'Serei mais um torcedor da Espanha  na Copa do Mundo'

Lopetegui: 'Serei mais um torcedor da Espanha  na Copa do Mundo'

Treinador demitido pela federação espanhola após divulgar acordo para substituir Zinedine Zidane no Real Madrid após o Mundial de 2018, na Rússia

  • Copa 2018 | Cesar Sacheto, do R7

Lopetegui foi apresentado no Real pelo presidente do clube, Florentino Pérez

Lopetegui foi apresentado no Real pelo presidente do clube, Florentino Pérez

Reprodução/Site Real Madrid

O treinador Julen Lopetegui, demitido pela federação de futebol da Espanha a dois dias do início da Copa do Mundo por ter aceito a proposta para dirigir o Real Madrid após o torneio, declarou que vai acompanhar o Mundial como mais um torcedor da seleção que comandou nos últimos dois anos.

O técnico foi substituído por Fernando Hierro, ex-diretor esportivo da federação espanhola e que estava na Rússia para acompanhar o grupo na competição.

Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes

"Verei as partidas animado como mais um espanhol. Me sinto participante dessa equipe e tenho certeza que (Espanha) vai fazer uma Copa magnífica, apesar de tudo", declarou o treinador em entrevista publicada pelo canal "Perform". 

Lopetegui esteve à frente da Espanha em 20 jogos. Foram 14 vitórias e empatou seis, com 61 gols a favor e 13 contra. Com ele no comando, a Espanha marcou gols em todas as partidas, incluindo duas goleadas por 8 a 0 (jogos de ida e volta) sobre Liechteinstein nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo.

Polêmica

A surpreendente saída de Lopetegui da seleção espanhola causou uma crise no grupo às vésperas da estreia da equipe no Grupo B da Copa, nesta sexta-feira (15), às 15 horas (horário de Brasília) diante de Portugal, em Sochi.

O presidente da federação, Luis Rubiales, disse que se sentiu traído pela decisão do técnico Lopetegui, que será o substituto de Zinedine Zidane no Real Madrid. Mas o anúncio desse acordo antes da Copa irritou o dirigente.

"Queremos agradecer a Julen por tudo o que fez. Ele é o grande responsável por estarmos aqui na Rússia. Mas nos vimos na obrigação de dispensar os seus serviços. Desejamos a ele a melhor sorte possível", declarou Rubiales ao anunciar a saída do técnico.

Carreira 

O treinador, de 51 anos, terá a sua quarta experiência na carreira. Goleiro do Real Madrid na década de 1990, Lopetegui iniciou na função de técnico em 2003, no Rayo Vallecano. Depois, passou pelo Real Madrid B (2008/09) e Porto (2014/16) até chegar à seleção principal de seu país — ele foi campeão europeu sub-19 (2011/12) e sub-21 (2013) pela Espanha.

Jogo dos galãs: Portugal x Espanha não chamará atenção só por futebol

Últimas