Copa 2018 Irã bate Marrocos com gol no fim pelo Grupo B da Copa

Irã bate Marrocos com gol no fim pelo Grupo B da Copa

Seleção do Oriente Médio foi dominada pelos marroquinos durante praticamente toda a partida, mas conseguiu o gol aos 50 minutos do 2º tempo

  • Copa 2018 | Cesar Sacheto, do R7

Com gol aos 50 minutos, o Irã venceu Marrocos pelo Grupo B da Copa

Com gol aos 50 minutos, o Irã venceu Marrocos pelo Grupo B da Copa

Henry Romero/Reuters - 15.06.2018

O Irã venceu Marrocos por 1 a 0 com um gol nos acréscimos na estreia das seleções pelo Grupo B da Copa do Mundo nesta sexta-feira (15), em São Petersburgo.

O jogo foi morno, com poucas jogadas de qualidade, mas o marroquino Bouhaddouz fez contra em cobrança de falta, aos 50 minutos da segunda etapa — a vitória era fundamental para o Irã tentar algo mais em um grupo que ainda tem Portugal e Espanha.

Veja como foi o minuto a minuto da partida no R7

Marrocos melhor, mas Irã assusta

A seleção marroquina tomou a iniciativa do jogo após o apito inicial do árbitro turco Cuneyt Cakir — o mesmo que apitou a final do Mundial Interclubes de 2012, no Japão, entre Corinthians e Chelsea, vencida pelo time brasileiro.

Os africanos dominaram o primeiro tempo, mas a seleção do Oriente Médio teve a chance mais clara de gol, já nos minutos finais.

O Marrocos desceu com perigo pela primeira vez, aos 4 minutos, em boa jogada do lateral-direito Nordin Amrabat, que cruzou para o meia Belhanda aparecer no meio dos zagueiros e cabecear para o gol. Mas a bola não teve direção e saiu pela linha de fundo.

Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes

Em outro bom ataque, o marroquinho El Kaabi aproveitou um rebote da zaga e emendou de primeira para o gol. A bola passou à direita do gol de Beiranvand.

Aos 18 minutos, o ataque da seleção africana deu uma blitz na área iraniana. Belhanda e o zagueiro Benatia, que atua pela Juventus, tentaram o chute, mas foram travados pela defesa adversária.

O Irã chegou pela primeira vez aos 20 minutos, mas a zaga do Marrocos conseguiu cortar o lance antes que a bola chegasse na meta de El Kajoui.

A equipe marroquina teve outra boa chance com o meio-campista Harit, mas Beiranvand encaixou bem o chute do meia.

No entanto, apesar do volume de jogo bem maior do Marrocos, o lance mais agudo do primeiro tempo foi proporcionado pelo Irã. 

Aos 42 minutos, o atacante Azmoun recebeu um belo passe, avançou e arrematou, mas o goleiro El Kajoui fechou muito bem o ângulo e fez a defesa com os pés. No rebote, Jahanbakhsh chutou, mas El Kajoui fez outra ótima intervenção e salvou a meta marroquina.

O lance parece ter animado os iranianos. Aos 44, o lateral-esquerdo Hajsafi cobrou uma falta de muito longe, o chute saiu com muita força e assustou o goleiro El Kajoui.

Marroquino Belhanda disputa bola com iraniano Amiri

Marroquino Belhanda disputa bola com iraniano Amiri

REUTERS/Pilar Olivares - 14.6.2018

Segundo tempo

O atacante Harit perdeu uma boa oportunidade para abrir o placar logo nos primeiros movimentos da segunda epata. Ele caiu pela esquerda e tentou bater de primeira em uma bola que veio alta demais, mas estava mal posicionado e mandou para longe.

As duas seleções estavam muito dispostas e o jogo ficou ainda mais disputado. Mas nenhum dos times conseguia criar boas jogadas de gol.

O Irã chegou bem, aos 24 minutos, com o atacante Jahanbakhsh, que fez boa jogada pela direita, mas cruzou em cima dos zagueiros marroquinos.

Aos 28 minutos, o lateral-direito Nordin Amrabat sofreu uma pancada em uma disputa de bola e teve que sair para receber atendimento. Desorientado, ele foi substituído pelo volante Sofyan Amrabat.

Os marroquinos assustaram aos 35 minutos em um chute rasteiro e muito forte de Zyech no canto direito do goleiro Beiranvand, que se esticou para desviar a bola.

Aos 38 minutos, foi a vez do iraniano Jahanbakhsh deixar o gramado contundido e na maca. O atacante Ghoddos entrou em seu lugar.

Nos acréscimos, os jogadores dos dois times se estranharam e houve um princípio de tumulto, mas ninguém foi punido pela arbitragem.

O Irã conseguiu o gol aos 48 minutos do segundo tempo em uma cobrança de falta pela esquerda. A bola foi alçada na área e o marroquino Bouhaddouz jogou contra as próprias redes.

Os iranianos comemoraram muito o triunfo, que conquistou apenas a segunda vitória da história nas Copas.

Próximo jogo

Na segunda rodada da Copa, O Marrocos enfrentará Portugal, no dia 20, às 9 horas (horário de Brasília), em Moscou. No mesmo dia, às 15 horas, o Irã terá pela frente a seleção uruguaia, em Kazan.

Ficha técnica
15/6 – Estádio São Petersburgo (São Petersburgo)
MARROCOS 0 x 1 IRÃ
Árbitro:
Cuneyt Cakir (Turquia); Público: 62 548; Gol: Bouhaddouz (contra) 50 do 2º; Cartões amarelos: El Ahmadi (Marrocos); Shojaei e Jahanbakhsh (Irã)
MARROCOS: El Kajoui, Hakimi, Benatia e Saiss; Ziyach, El Ahmadi, Boussoufa e Harit (Manuel da Costa 37 do 2º); Nordin Amrabat (Sofyan Amrabat 31 do 2º), El Kaabi (Bouhaddouz 31 do 2º) e Belhanda. Técnico: Hervé Renard
IRÃ: Beiranvand, Ramin, Cheshmi e Pouraliganji; Omid (Hosseini 37 do 2º), Haji Safi, Karim e Shojaei (Mehdi 23 do 2º); Jahanbakhsh (Ghoddos 40 do 2º), Sardar e Amiri. Técnico: Carlos Queiróz

Copa: veja como foi Marrocos e Irã, primeiro jogo do Grupo B

Últimas