Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Copa 2018
Publicidade

Alemanha vence nos descontos e ganha fôlego no Mundial da Rússia

Equipe insistiu o jogo inteiro e só conseguiu o gol da vitória sobre a Suécia, por 2 x 1, em cobrança de falta de Kroos nos descontos

Copa 2018|Eugenio Goussinsky, do R7


Suécia buscou os contra-ataques contra alemães
Suécia buscou os contra-ataques contra alemães

Em jogo tenso e movimentado, a Alemanha insistiu, se desesperou e conseguiu uma vitória heróica, com um jogador a menos, diante da Suécia, por 2 x 1, neste sábado (23), na Copa do Mundo, mantendo suas chances de classificação para as oitavas, pelo grupo F. Kroos, de falta, marcou o gol da virada nos descontos.

A Alemanha não garantiu a classificação, mas passou a depender mais de si, após um início difícil na competição, quando foi derrotada pelo México. O time só precisa vencer a Coreia do Sul na próxima rodada, quarta-feira (27) para praticamente assegurar a vaga. Já a Suécia ainda tem chances se vencer o México no mesmo dia.

Mesmo irritado com as críticas, o técnico alemão Joachim Low iniciou o jogo com a equipe alterada em relação à primeira partida. Na esquerda, Hector entrou em lugar de Plattenhardt. O volante Rudi e o atacante Reus foram, respectivamente, escalados para dar mais força e mobilidade aos alemães.

E a Alemanha iniciou no ataque, avançando os dois laterais simultaneamente e pressionando os suecos pelo meio. Logo aos dois minutos Muller avançou na área e cruzou, sem que nenhum atacante alcançasse.

Publicidade

Logo depois Reus chutou e após a bola bater na zaga, Draxler arrematou por cima. Aos 7, Draxler novamente cruzou para ninguém. Havia movimentação na Alemanha, mas faltava um homem para tocar para as redes.

A pressão continuou, com a Suécia sufocada em seu campo defensivo, sem conseguir sair jogando. Aos 11, o time sueco começou a se aventurar em contra-ataques perigosos, já que a Alemanha mantinha quase todos os seus jogadores no ataque.

Publicidade

Aos 11, Berg entra cara a cara, desde a intermediária e é derrubado por Boateng antes de perder a dividida para Neuer. O árbitro nem mesmo utilizou o VAR para verificar a existência de penalidade. 

A Suécia, mesmo indignada com o pênalti não marcado, começou a avançar, diante de um adversário que permanecia em busca da vitória. O jogo ficou aberto.

Publicidade

Aos 23, Rudi é atingido pela perna esquerda de Toivonen e sai de campo com o nariz sangando. Sem condições, mesmo desejando voltar, é substituído por Gundogan.

Leia também

A esta altura, a Alemanha começava a dar sinais de desespero, arrefecendo o ímpeto ofensivo e dando mais espaços para a Suécia tomar a iniciativa. Aos 31, após raro erro de passe de Kroos, os suecos recuperaram na intermediária, cruzam na área paraToivonen se antecipar a Ruediger, matar no peito e tocar por cima de Neuer: 1 x 0 para a Suécia.

A partir do gol, a Alemanha não conseguiu criar chances perigosas, com os suecos ganhando todas as jogadas dentro de sua área. Lustig, lateral, fechava para dar apoio à zaga, ganhando as bolas pelo alto e anulando Draxler pela esquerda.

No fim do primeiro tempo, Claessen se precipitou ao tentar driblar e perdeu a bola dentro da área alemã. Aos 46, Berg cabeceia e Neuer faz grande defesa, antes de o árbitro encerrar o primeiro tempo. Os alemães desceram preocupados para o vestiário. A Suécia já dominava a partida.

Segundo tempo

Na segunda etapa, a Alemanha retomou a pressão. Timo Werner abriu mais pela esquerda, dando espaço a Mario Gomez pelo meio. E, justamente pela equerda, Werner cruzou, a bola passou por Gomez e sobrou para Reus empatar aos 2 minutos: 1 x 1.

A nova postura de Werner, mais aberto, quase proporcionou o segundo gol, quando ele tocou para Hector chutar nas mãos de Olsen. Pela direita os alemães também levavam perigo. Reus tentou tocar de letra, após cruzamento de Kimmich, mas furou, aos 15. Aos 21, Mário Gomez tocou por cima, quando recebeu livre na pequena área. Boateng, mais recuado, atrapalhava os contra-ataques suecos.

A partir dos 25 minutos, a Suécia tentou controlar novamente o jogo e passou a bloquear as investidas dos alemães. A situação piorou ainda mais com a expulsão de Boateng, após entrada por trás em Berg, aos 37. No desespero, Gomez ainda cabeceou para grande defesa de Olsen. Brandt ainda chutou na trave, já nos descontos. A Suécia, retrancada, viu Kroos, em cobrança de falta, fazer o gol da vitória.

FICHA TÉCNICA

ALEMANHA x SUÉCIA

Data e local: sábado (23), às 15h, no Estádio Fisht, em Sochi.

Árbitro: Szymon Marciniak (POL)

Assistentes: Pawel Sokolnicki (POL) e Tomasz Listkiewicz (POL)

Público: 44.287 presentes

Gols: Toivonen, aos 31 do primeiro tempo; Reus, aos 2 e Kroos, aos 49 do segundo.

Cartões amarelos: Ekdal e Boateng

Cartão vermelho: Boateng

Alemanha: Neuer; Kimmich, Ruediger, Boateng e Hector (Brandt); Rudi (Gundogan), Kroos, Draxler (Mario Gomez) e Muller; Reus e Werner. Técnico: Joachim Low.

Suécia: Olsen; Lustig, Lindelof, Granqvist e Augustinsson; Larsson, Ekdal, Claesson (Durmaz) e Forsberg; Berg (Thelin) e Toivonen (Guidetti). Técnico: Janne Andersson.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.