Com paralisação no futebol chinês, Paulinho treina no CT do Corinthians

Paulinho está de volta ao Corinthians, mas não do jeito que a torcida gostaria. Longe da China por conta do surto de coronavírus, o volante do Guangzhou Evergrande treinou nesta terça-feira no centro de treinamento do ex-clube. Como a situação do futebol chinês ainda é incerta, sem data de retorno definida, os dirigentes corintianos ofereceram a estrutura do CT Joaquim Grava ao atleta por tempo indeterminado.

"Fala, nação corintiana. Aqui é o Paulinho passando para deixar um abração para vocês. Deus abençoe nesta temporada. Estou na torcida", disse o volante em vídeo divulgado pelo Corinthians no Twitter.

Embora o retorno de Paulinho seja um desejo mútuo do jogador e do clube, a negociação é considerada muito difícil por conta do salário distante da realidade corintiana. O contrato com o Guangzhou Evergrande vai até 31 de dezembro de 2023, quando o jogador já terá 35 anos.

Esta é a primeira semana livre para o técnico Tiago Nunes desde a Florida Cup, em meados de janeiro. Também no treino desta terça-feira, o agora zagueiro Danilo Avelar e o volante Ramiro voltaram ao campo, mas realizaram atividade sem bola, acompanhados de um fisioterapeuta.

Danilo Avelar machucou o púbis em janeiro e tem retorno previsto para a próxima semana. Ramiro ainda se recupera de uma lesão no joelho direito e deve precisar, aproximadamente, de mais 10 dias para completar a recuperação.

O Corinthians volta a campo neste sábado contra o Água Santa, no estádio Distrital do Inamar, em Diadema (SP), pela sétima rodada do Campeonato Paulista. O clube alvinegro está na segunda colocação do Grupo D com oito pontos, ao lado do Red Bull Bragantino (ganha no saldo de gols) e um atrás do líder Guarani.