Com jogos parados, clubes se movimentam nos bastidores e fecham negociações

Os campeonatos de futebol estão paralisados no Brasil por causa da pandemia do novo coronavírus, denominado Covid-19. Isso não quer dizer, porém, que os clubes não se movimentam nos bastidores para fechar negociações. Nos últimos dias, diversas tratativas foram finalizadas no mercado nacional. Palmeiras, Atlético-MG, Ceará e Cruzeiro foram alguns dos que se movimentaram.

Em São Paulo, por exemplo, o Palmeiras anunciou a renovação de contrato de três jogadores do seu elenco. O meia Alan estendeu o seu vínculo até o final de 2023, enquanto que o lateral-esquerdo Lucas Esteves e o atacante Wesley prorrogaram até o fim de 2024.

As negociações realizadas neste período sem jogos também envolvem treinadores. Ederson Moreira deixou o Ceará e foi anunciado pelo Cruzeiro na última quarta-feira, três dias depois da demissão de Adilson Batista.

O Ceará, por sua vez, agiu rapidamente e contratou Guto Ferreira, que havia sido demitido do Sport em fevereiro. Outra negociação fechada pelo Ceará foi a renovação de contrato do goleiro Diogo Silva até o final deste ano - o antigo vínculo tinha vencimento em maio.

O mercado de técnicos também agita o Vasco. Após a saída de Abel Braga, o clube carioca busca um substituto para comandar a equipe. O diretor-executivo de futebol André Mazzuco disse que tem mantido conversas diárias com o presidente Alexandre Campello para achar o novo treinador.

"Temos conversado, pensamos em um perfil. Tem esse entendimento de alguém que traga conteúdo e torne o Vasco em uma equipe vencedora. Alguém que entregue algo que a gente ainda não conseguiu. Um jogo bem jogado, uma equipe consciente", afirmou Mazzuco.

O Vasco também teve mudanças em sua diretoria. Na última quinta-feira, o clube anunciou três novos vices: José Luís Moreira para o comando do futebol, André Luiz Vieira para a pasta do patrimônio e Carlos Leão para as finanças.

O Atlético-MG é mais um que mexeu na diretoria. Ex-Palmeiras e Cruzeiro, Alexandre Mattos foi contratado para comandar o departamento de futebol e tem a missão de reforçar o elenco com os pedidos do técnico argentino Jorge Sampaoli. "Temos que buscar bem, detalhar de forma assertiva. Será feito com tranquilidade, dentro do momento do clube. Existem colocações que o treinador já fez, e vamos trabalhar de acordo com o que ele pediu", afirmou Mattos, em sua apresentação na última terça-feira.

O time mineiro mudou também parte da comissão técnica. Deixaram o clube o auxiliar James Freitas, o preparador de goleiros Chiquinho, os observadores Bernardo Motta e Neguete, além dos seguranças Jorginho e Lúcio Fábio.

Voltando para jogadores, o Sport está perto de acertar a contratação do atacante Ronaldo, artilheiro do Santo André no Campeonato Paulista, com cinco gols marcados. O time do ABC tem a melhor campanha do Estadual, com 19 pontos. O vínculo do jogador é válido apenas até o final de abril e ele já tem um pré-contrato com o clube pernambucano.